Diversos

Os 20 melhores versículos sobre dízimo

Versículos sobre dízimo
André
Escrito por André

Hoje quero trazer os 20 melhores versículos sobre dízimo que estão na bíblia. São versículos sobre dízimo que você pode utilizar no momento das ofertas durante o culto ou reunião de celebração de sua igreja. Estes 20 melhores versículos sobre dízimo estão divididos em 4 páginas neste post.

Se você conhece mais versículos sobre dízimo, não deixe de comentar, sempre inserimos as sugestões de versículos de nossos usuários.

Antes de mais nada, acho que vale a pena você dar uma olhada nesse vídeo:

Versículos sobre dízimo

Apresento nesta página os primeiros cinco melhores versículos sobre dízimo que encontramos na bíblia. O primeiro dele fala sobre o que existe de mais importante na relação do cristão com o dinheiro:

“Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria.” (2 Coríntios 9:7)

Em seguida trago um conjunto de versículos sobre dízimo que está entre os mais conhecidos e utilizados nas igrejas. Muitas vezes mal interpretado, mas válido para o assunto:

“Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: ‘Como é que te roubamos?’ Nos dízimos e nas ofertas. Vocês estão debaixo de grande maldição porque estão me roubando; a nação toda está me roubando. Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. ‘Ponham-me à prova’, diz o Senhor dos Exércitos, ‘e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derra­mar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las.” (Malaquias 3:8-10)

Mais um versículo que fala sobre doar, este fala muito mais no sentido de ofertas e auxílio aos necessitados, mas nos traz uma verdade fundamental sobre a administração de nossas finanças à luz da Palavra:

“Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza.” (Provérbios 11:24)

Precisamos entender que dízimo e ofertas não devem ser atitudes feitas com peso ou com mesquinharia. Por isso o versículo acima é imprescindível para nós. O próximo versículo segue a mesma linha, mesmo que seja mais sobre ofertas do que um versículo sobre dízimo:

“Jesus sentou-se em frente do lugar onde eram colocadas as contribuições e observava a multidão colocando o dinheiro nas caixas de ofertas. Muitos ricos lançavam ali grandes quantias. Então, uma viúva pobre chegou-se e colocou duas pequeninas moedas de cobre, de muito pouco valor. Chamando a si os seus discípulos, Jesus declarou: ‘Afirmo que esta viúva pobre colocou na caixa de ofertas mais do que todos os outros. Todos deram do que lhes sobrava; mas ela, da sua pobreza, deu tudo o que possuía para viver’.” (Marcos 12:41-44)

O versículo sobre dízimo a seguir fala que tudo pertence ao Senhor. Por fazer parte da lei, muitas vezes é completamente execrado por algumas pessoas.

“Todos os dízimos da terra – seja dos cereais, seja das frutas – pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor.” (Levítico 27:30)

Nas próximas páginas temos a continuação com mais versículos sobre dízimo. Não deixe de visitar e de opinar sobre o assunto.

Outros posts sobre dízimo

Como esse é um assunto que já falamos muito aqui no blog, gostaria de listar outros posts que escrevemos e podem ser úteis. Nesses posts não falamos apenas de versículos sobre dízimo, mas de dicas, bases bíblicas e mais:

  • 10 dicas para ministrar dízimos e ofertas: um post essencial para quem vai passar por esse momento em sua igreja. Nele eu falo sobre apelo emocional, a importância de estudar, estrutura básica e oração;
  • Dar o dízimo ou não: este texto, um dos mais antigos do blog sobre o assunto, foi escrito pelo grande LHDessart que, na época, se aventurava mais com seus blogs;
  • Deus não quer seu dinheiro: neste texto falo sobre como as pessoas têm enxergado esse assunto atualmente;
  • O fim das discussões: numa tentativa de dar um fim às infindáveis discussões que posts como esse geraram, resolvi escrever um pouco sobre as nossas prioridades;
  • A base bíblica do dízimo: minha opinião sobre os motivos que me levam a crer que o dízimo é atemporal;
  • Mordomia cristã: vale também conhecer o trabalho do Samuel Vinícius, que fez um infográfico bem bacana sobre o assunto.

Temos muito mais textos aqui no blog que falam sobre o dízimo, se você procurar bem vai achar. Porém, creio que estes links já ajudem bastante.

Opiniões além da minha

Dentre todos os vídeos que vi por aí, o da galera do “Dois dedos de teologia”, como sempre, aborda o tema do dízimo de uma maneira muito legal. Porém os caras resolveram tirar o  vídeo do ar. Uma outra pessoa que tratou bem do assunto foi o Douglas Gonçalves. O fato de ter colocado o vídeo dele aqui não significa que eu concordo com tudo o que ele fala, apenas que abordou bem o tema:

Perguntas que sempre recebo

Algumas perguntas são muito recorrentes na área de comentários, por isso resolvi colocá-las aqui e tentar responder da melhor maneira possível. Caso você tenha uma pergunta que gostaria que eu respondesse aqui, seja cordial em seu comentário e, se eu souber respondê-la, colocarei aqui.

Quem recebe o dízimo é o pastor?

Isso vai de igreja para igreja. Na minha opinião o dízimo vai para a administração financeira da igreja, que pode ou não ser cuidada pelo pastor. Minha humilde sugestão é que o pastor não esteja à frente da administração financeira, para não ter um acúmulo muito grande de responsabilidades.

Você é pastor? Você recebe os dízimos de alguém? É por isso que você defende o dízimo?

Não. Não. Não.

O dízimo é 10% de minha renda bruta ou líquida?

Tudo o que fazemos na igreja deve ser feito de maneira livre e sem obrigação alguma. Por esse motivo, a resposta à essa pergunta deve vir da direção do Espírito Santo. Faça conforme você tiver proposto em seu coração.

Todavia, lembre-se que essa é apenas a minha opinião. Não tenha como regra, apenas como mais uma opinião da internet.

Obviamente ainda existem outras perguntas que quero responder aqui. Conforme elas forem surgindo, eu atualizo o post.

Contribuições dos leitores

Apesar da nossa lista de versículos sobre dízimo ser bem extensa, alguns leitores lembram-se de textos que deixamos passar. É o caso do nosso leitor Vagner Silva, que considerou o seguinte texto:

“E as vossas sementes, e as vossas vinhas dizimará, para dar aos seus oficiais, e aos seus servos.” (1 Samuel 8:15)

Caso você se lembre de outros textos, deixe o seu comentário no final desse post.

Comentários interessantes que já recebi

Esse post sobre dízimo é um dos que mais incita as pessoas a comentarem aqui no blog. Algumas pessoas que comentam, mesmo com opiniões diferentes, são muito cordiais e respeitosas. Aproveito para agradecer às participações dos leitores Carla, Han e Roberto Nogueira que proveram discussões interessantíssimas a respeito do assunto.

Porém, algumas pessoas geram comentários mais interessantes. Dou-me a liberdade de selecionar alguns, que você encontra na área de comentários, um pouco mais para o final do post:

Segundo o comentário abaixo, eu ainda preciso me converter:

“Eresias, renega a aliança com Cristo, ninguém é sacerdote levita, Abraão dizimou voluntário, despojo. A ordem e lei era as tribos é só podia ser recebido pelos sacerdotes, converta se a Cristo pare de ensinar parábolas e versículos para os falsos”

Outro comentário interessante é o que diz que o dízimo vai para o pastor. Não, não vai.

“Julgai vós mesmo: Vcs acham justo quem recebe salario mínimo, e ainda paga aluguel com filhos para criar, tirar 10% para pastores? Pois eu digo: Estão fazendo o contrário que jesus ensinou, pois todos seremos julgados por isso!”

Na lista de quase mil comentários, temos mais alguns pedindo para eu me converter:

“Vc é ui m filho do diabo rapaz, só usa verso isolado assim como o diabo faz….vai se converter!!!!”

E ainda temos aqueles que apontam para a igreja do amiguinho:

“o difícil, é separar os verdadeiros adoradores das religiões atuais que de igreja primitiva não tem nada pois hoje a começar pela católica, não estão fazendo a vontade do criador “

Eu poderia ficar durante horas aqui lembrando outros comentários interessantes, mas acredito que esses já sejam o suficiente. Eu não quis expor ninguém com isso, apenas lembrar os leitores sobre como nós podemos perder a compostura e como isso é indelicado para qualquer um.

Ainda está com dúvidas? Calma, tem mais, com o tempo eu vou atualizando esse post.

Termos de busca para esta página: versículos sobre dízimo, versículos de dízimo, dízimo na bíblia, versiculos sobre dizimo, versículo sobre dízimo, versículo do dízimo, versículo bíblico sobre dízimo, versículo dízimo, dízimo versículo bíblia, o que a bíblia fala sobre dízimo, o dízimo é bíblico, dízimo, dizimar

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

863 Comentários

  • Olá André, muito boa sua pergunta. Mas, a resposta, como você ver, a Bíblia já lhe deu_ ‘Se é assim que se propôs no coração, e lhe faz feliz, Deus se alegrará por vc fazer assim.
    O problema estar em fazer dos 10% um mandamento dentro “do templo” que não vigora mais Nela (Escrituras da Biblia) por meio de Cristo Jesus.. Se Jesus ensinou que ainda vigora a Lei dos 10%, e que ‘deva’ ser ensinado “na igreja a outros”, eu sinceramente, gostaria de ver.
    Mas se Jesus e seus apostolos não deram continuidade ao ensino dos 10%, pode haver um grande risco de sofrermos com pragas qu só Deus sabe quais e a vida eterna, por acrescentarmos uma coisa que não tem ou não existe mais na Biblia_ Apocalipse22:18,19
    Deixo-lhe uma pergunta:
    Sendo assim, vc não acha que todos os leitores da Biblia deveriam ir mais a fundo nas Escrituras sobre assuntos como este, pra ver se tais ensinos (ou, os ensinos da minha igreja) se originam de Jesus e seus apostolos, ainda mais, de Deus?
    # Eu já fiz e continuo a fazer.
    #Não é uma crítica_ é pra reciocinarmos

    • Olá Han, obrigado pela conversa, está sendo muito boa.

      Não é estranho falar que Jesus aboliu o dízimo? Não vemos isso em passagem alguma da escritura, pelo contário, vemos ele falando sobre o dízimo com os judeus e os apóstolos praticando algo muito mais “pesado” do que o dízimo na igreja primitiva.

      Normalmente, não estou dizendo que é o seu caso, quando vejo pessoas que são contra o dízimo, na verdade são contra alguns pastores que exageram e vão além das escrituras, pedindo o trízimo, obrigando as pessoas a contribuírem e trazendo peso à consciência de todos.

      Logo, me pergunto: é realmente um problema do dízimo não ser neotestamentário ou seria um problema com os abusos que se encontram por aí?

      Sinceramente estou gostando muito desse bate-papo e espero que continuemos nele, para o nosso próprio crescimento.

      Deus abençoe sua vida.

      • O dizimo também é coisa da lei! Foi anulado no novo testamento. Em hebreus 7 fala até sacerdócio de levi pagou dizimo. Mais agora há um novo sacerdócio jesus cristo da tribo de judá! Fala também que não há nenhum mandamento falando da dizimo a tribo de judá Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei. Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, (judá) da qual ninguém serviu ao altar, (da dizimo) Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio. Porque o precedente mandamento é anulado por causa da sua fraqueza e inutilidade! hebreus 7v18 (leia cap 7de hebreus) MAIS Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por NECESSIDADE; porque Deus ama ao que dá com alegria. 2 Coríntios 9 v 7 . Então não há necessidade!! Mais : E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. 2 coríntios 9 Verso 06 A pratica da lei terminou em cristo jesus nosso senhor que cumpriu a lei por completo nos livrando da maldição da lei!! se fazendo maldito por nós!! porque esta escrito: maldito é todo aquele que morrer pendurado em uma cruz. diz a palavra de Deus: Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Gálatas 5:4
        portanto sábado, dizimo sacrifício, classe intermediadora, ficou para trás se tornando inutil..oque prevalece é o ensinamento dos apostolo 2corintios 9:7 CADA UM CONTRIBUI SEGUNDO O PROPOS O SEU CORAÇÃO,NAO POR TRISTEZA OU NECESSIDADE,PORQUE DEUS AMA OQUE DA COM ALEGRIA !SEGUNDO O PROPOS O SEU CORAÇÃO .ISSO SIM É QUE ESTÁ ESTABELECIDO NA NOVA ALINÇA. ( Mais primeiro socorra os pobres) Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel. 1 Timóteo 5:8
        Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa do juízo. Tiago 2:13

        • Olá Jorge, obrigado pelo seu contundente comentário.

          Esse assunto já foi comentado centenas de vezes aqui no blog, tanto pelos leitores quanto pelos escritores. Navegue pelos nossos posts e comentários sobre esse assunto e você verá que existem muitos pensamentos interessantes.

          Deus abençoe sua vida.

      • Julgai vós mesmo: Vcs acham justo quem recebe salario mínimo, e ainda paga aluguel com filhos para criar, tirar 10% para pastores? Pois eu digo: Estão fazendo o contrário que jesus ensinou, pois todos seremos julgados por isso! Tá em Mateus 25 tive fome não me deste de comer, tive frio não me deste de vestir ETC. não seremos conhecido como discípulo por por da dinheiro a pastores! Mais se tiver amor ao próximo diz jesus: Se tiver amor ao próximo saberás que sois meus discípulo! Em Mateus 25 deixa claro seremos condenado por não ajudar os pobres. Se querem ser justo vende tudo e dê aos pobres!! Único mandamento de jesus é este: amar a DEUS e o próximo como ati mesmo!! Quem ama ao próximo não deixa com fome com frio, pagando aluguel com salario mínimo!! Jesus deixa bem claro quem entra no seu reino Mateus25!! Vem benditos do meu pai para vida eterna, por tive fome e me deste comer tive frio e me vest etc…. Fariseus hipócritas prega a lei e esquece o mais importante a justiça!!. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
        Mateus 7:22,23 Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa do juízo. Tiago 2:13

        • Olá Jorge, obrigado pelo comentário.

          Não desejo ser indelicado mas, se você estiver passando por alguma necessidade, nos avise. Tenho certeza que toda a comunidade do JC na Veia pode ajudar um pouquinho.

          Deus abençoe sua vida.

  • Eu que agradeço.
    Realmente, não é meu caso falar mau de ‘pastores’.
    E Você está certo ao dizer que as Escrituras não dizem que Jesus aboliu o dízimo, mas Ela fala que Jesus aboliu ou desfez, o q podemos chamar de “obrigatoriedade da Lei” onde incluia a obrigação de dar o dizimo_Efesios 2:15 e Colossensses.2:13,14.
    Portanto, porfavor, gostaria que me respondesse esta minha pergunta:

    Se uma pessoa deseja grandemente “dar qualquer valor material a Deus” como contribuiçao e quando quizer, mas esta pessoa recusa-se a dar o Dizimo biblico(10%), porque ela “ver” que Não é obrigada a isso como era o “povo” antes de Jesus,segundo a Biblia.

    Porfavor, me diga Que recompensa esta pessoa terá??

  • Unido a esta pergunta André, para mais entendimento, lhe deixo um detalhe muito importante que, não sei se vc sabe. É este:
    #Sob a Lei ‘Mosaica’ e mesmo antes dela,não existia pena estipulada para ser aplicada à pessoa que deixasse de pagar o dízimo_ Tipo, se não o fizesse, a pessoa morreria, iria para o inferno sofrer a condenaçao eterna. Penas como essas ou qualquer outra.. Não existia pena estipulada, ou melhor, não há.
    Por isso minha sincera pergunta sobre qual seria a recompensa de uma pessoa que se recusa a dar os 10% como tributo, por razões biblicas.

    Vc poderia me fornecer uma resposta biblica?

    • Olá Han, obrigado pelo comentário.

      Como você enviou dois comentários na sequência, vou responder apenas esse, ok?

      Eu nunca defendi que alguém que não paga o dízimo sofrerá alguma coisa. Inclusive, no post Deus não quer o seu dinheiro, falo um pouco sobre o assunto. O ponto bíblico é sobre a lei da semeadura, quanto mais plantamos, mais colhemos. Isso vale para nossas ofertas, dízimos, amor, serviço, cuidado e muito mais.

      Se alguém não der o dízimo, na minha opinião, não vai perder a salvação, não será amaldiçoado, não deve ser exposto por isso e nem ser retirado do tão querido “rol de membros da igreja”.

      A decisão do que fazer com uma pessoa segundo as suas obras e fé é apenas de Deus. Como Ele mesmo não deixou claro na Palavra (a não ser em Malaquias) o que aconteceria com uma pessoa que não desse o dízimo, não posso dizer o que acontecerá.

      O que lemos em Malaquias é que quem não dá o dízimo rouba a Deus, porém, por ser um texto do Velho Testamento, ele é muito pouco aceito. Eu aceito o que está escrito em Malaquias e entendo da mesma forma, mas deixo o entendimento ser de cada pessoa.

      Na minha opinião o dízimo é uma obrigação do cristão, mas isso não significa que Deus me amaldiçoará eternamente se eu não der meu dízimo. Provavelmente algumas pessoas vão se surpreender ao descobrir que muito dizimista fiel vai para o inferno e muito não dizimista vai para o céu.

      O que você acha?

      Deus abençoe sua vida.

  • Agora, fiquei um pouco confuso!
    Num certo momento Fiquei muito contente por vc pensar da mesma forma- ‘se eu me negar a dar 10% de meus ganhos por razões biblicas, desejando dar “ao templo” qualquer valor que me deixe contente, tbm posso alegrar a Deus’.,.

    Mas logo em seguida fiquei preocupado pela forma como vc explicou Malaquias 3:8-10..
    Imagine uma pessoa que rouba a Deus por se negar ‘ao dizimo’ segundo como explicou!! Esta pessoa poderá receber uma recompensa muito ruim como a recompensa que Satanás receberá por não mudar de caminho e por roubar o q de direito era de Deus..
    Pra nós, então, segundo o que disse sobre o texto- ‘quem se nega ao dizimo, rouba a Deus, e se não mudar( Efésios 4:28)_ poderá perder a salvaçao.’

    Nesta sua explicação, com todo respeito André, achei q ficou um desencontro de informação. Tipo, lá e cá.
    Poderíamos até colocar a Biblia em contradicão se entendermos Malaquias 3:8-10 assim, por compara-lo com 2coríntios 9:7.
    O que vc ‘acha’?

    • Olá Han, obrigado pelo comentário.

      Preciso admitir que não fui claro como gostaria. Vou tentar me redimir desse erro.

      A bíblia não se contradiz, como você bem sabe, ela se complementa. O texto de 2 Coríntios é primordial no entendimento das ofertas e, quiçá, dos dízimos. Se assim for, ninguém é obrigado a nada e eu prefiro interpretar assim. No Reino ninguém é obrigado a nada, por isso o amor de Deus se mostra tão sublime.

      Para mim o dízimo é uma obrigação, algo que devo seguir, assim como amar o próximo como a mim mesmo.

      • Sou obrigado a dizimar (falando apenas de mim)? Sim e não. Deus não me obriga, eu me obrigo.
      • Alguém que não dá o seu dízimo perde a salvação? Não. O texto de coríntios nos garante isso.
      • Alguém que se obriga, assim como eu, a dar o dízimo e não o faz está em pecado? Na minha visão sim.
      • Alguém que não dá o dízimo, está em pecado? Se ele não tem em seu coração proposto de dar o dízimo, não.

      Fui mais claro agora? É algo que a pessoa deve fazer por entendimento, nunca por obrigação. Eu entendo que devo dizimar e creio que sou muito abençoado por isso. Só isso.

      No mais, estou gostando muito de nossa conversa e do respeito com que você tem tratado uma opinião diferente da sua.

      Paz.

  • Agradeço novamente.

    André! Veja, por gentileza, como ainda estou confuso:
    Você disse:

    >Alguém que não dá o seu dízimo perde a salvação? Não. O texto de coríntios nos garante isso.
    >Alguém que se obriga, assim como eu, a dar o dízimo e não o faz está em pecado? Na minha visão sim.
    >Alguém que não dá o dízimo, está em pecado? Se ele não tem em seu coração proposto de dar o dízimo, não.

    Mas Veja André, com muito respeito, o que a Biblia diz:

    #A Biblia diz(após receber a Lei) Deuteronômio 6:6:
    “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração”.
    #outro diz_ Romanos 6:17 Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues.

    Ou seja, os ensinos de Deus contidos na Biblia, precisam estar em nossos corações, do contrário, estaremos pecando, a ponto de perder as recompensas dele._João17:3
    Por isso, falei a vc que a forma como explicou Malaquias, podia obscurecer as palavras de Paulo(por espirito) aos Corintios em 2 corintios 9:7.

  • E se houvesse uma explicação diferente da forma como vc explicou Malaquias, mas que desse mais luz ao texto de 2corintios 9:7 e outros semelhantes, seria bem vindo para nós meditarmos??

    • Olá Han, obrigado por essa conversa.

      Não acredito que a explicação de Malaquias obscureça o que Paulo ensinou. Na verdade, quando olho para toda a bíblia, vejo que o dízimo é pouco. Se uma pessoa dá apenas 10% de sua renda, está fazendo menos do que deveria. Não que ela vá sofrer algo ou ser obrigada a dar, pois isso invalidaria o que Paulo falou, mas analise o seguinte versículo:

      “Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.” (Mateus 5:20)

      Após este verso, Jesus começa a ensinar o que a lei falava e o que deveríamos fazer. Sempre que o faz, Ele aumenta a nossa responsabilidade. Por isso afirmo que o dízimo é pouco. Mas, ao mesmo tempo, como a bíblia não se contradiz, ninguém é obrigado a nada e nem deve ofertar por constrangimento.

      Por isso, tento resumir da seguinte forma:

      • Toda a nossa vida é de Deus, inclusive nossas finanças;
      • A lei dizia que deveríamos dar 10%, devemos entregar tudo;
      • Não podemos ficar tentando achar um texto bíblico para o que fazemos com nosso dinheiro. A interpretação vem de muito estudo e revelação do Espírito Santo.

      Vou atualizar o post com algumas perguntas que costumo ler aqui nos comentários.

      Deus abençoe sua vida.

  • Veja André.
    Porfavor, não pense que estou sendo indelicado..
    Mas veja só! Você disse no terceiro ponto:
    “Não podemos ficar tentando achar um texto bíblico para o que fazemos com nosso dinheiro..”
    Mas raciocine comigo: Se isso for verdade, você não concorda que esta sua página com este tema sobre o dizimo e outras páginas semelhantes relacionadas a dinheiro, concorda que elas não deveriam existir?? Isso, porque, em todas elas há textos da Biblia.

    Mas, voltando ao seu ponto de vista ‘no inicio’_ eu consegui entende-lo. E ao meu ver, vc tem razão ao dizer que, sobre o valor, para aquele ‘que dar 10%’, é pouco. Eu também entendo assim.
    Mas o assunto a ser dialogado é sobre importância do Dizimo como mandamento para nossos dias e as consequências para aqueles que não vivem sob esta Lei segundo os principios da Biblia.

    Mas como conclusao, eu percebi que vc colaborou com minha fé tmbm quando vc disse:
    >Alguém que não dá o seu dízimo perde a salvação? Não. O texto de coríntios nos garante isso.
    E vc tem razão.

    • O PASTOR que não consegue seguir com a OBRA DE DEUS em sua igreja, sem A PRATICA DO DÍZIMO. Só tem uma resposta. A IGREJA que ele pastoreia, não é PLANO DE DEUS, e não é da sua vontade DEUS, pois se fosse de fato uma CASA DE ORAÇÃO como diz DEUS em sua PALAVRA, DEUS SUPRIRIA de todas as NECESSIDADES pelas OFERTAS DE AMOR das OVELHAS DO SENHOR. Alguém DUVIDA disso? Hoje igrejas são abertas aos montões, a cada esquina abre-se uma, mais a FINALIDADE é a SALVAÇÃO, a finalidade é o LUCRO FÁCIL.Meu email. [email protected]

  • Não se preocupe. Fiquei nervoso não (kk)..
    É só meu modo realista de falar por escrito ‘diante do que falou’.
    E achei que chegamos até aqui (nesta conversa), ainda de forma pacífica.. Principalmente, por vc concluir comigo que ‘Eu’ e muitos outros não precisamos nos obrigar a dar 10% de ‘nossas coisas’, já que Não estamos praticando nenhum pecado por não aderirmos ao dízimo da Lei antiga, mas sim ao padrão apostólico cristão(ou de Cristo e seus apóstolos), de todos terem a liberdade de contribuirem ‘ao templo’ com quanto desejarem, sem mesmo, as exigências da antiga Lei dos dízimos.. Por isso, fico contente por termos ‘tido’ esta conversa, e finalizarmos ‘bem’.
    Lhe agradeço!
    Muito Obrigado.

Deixe um comentário