Mensagem

O fim das discussões

Tempo
André
Escrito por André

Sou cristão há muitos anos e já vi inúmeras discussões, algumas delas aqui no blog. Talvez você também já tenha visto algumas e participado de outras, como por exemplo:

  • E os dinossauros, por que a Bíblia não fala deles?
  • Dízimo, pode ou não pode?
  • É bíblico ou é não é?
  • Mas a Bíblia se contradiz, por isso sou ateu.
  • Todo pastor é ladrão, o seu também é.
  • E o Malafaia? E o Valdomiro? E o Edir Macedo?
  • Você também deu dinheiro pro templo de Salomão?
  • Você viu a novela da Record?

Eu poderia ficar aqui escrevendo sobre as discussões inúteis que tive, ou que vi, por algumas horas.

Estas discussões são úteis? Talvez sim, mas quando vejo o esforço gasto por algumas pessoas, às vezes até por mim mesmo, nestas discussões, começo a refletir se não vale a pena criarmos uma lista de prioridades sobre o que temos que fazer.

Para entender melhor o que estou dizendo, vou colocar aqui algumas coisas que podemos fazer durante o nosso dia e você vai ordená-las mentalmente ok?

  1. Discutir no JC na Veia se o dízimo é bíblico ou não;
  2. Orar por um enfermo;
  3. Compartilhar uma mensagem de fé e esperança do JC na Veia com alguém;
  4. Ministrar a Palavra para alguém;
  5. Consolar uma pessoa que está passando por um momento difícil;
  6. Trabalhar;
  7. Ler a Bíblia;
  8. Passar um tempo louvando e adorando a Deus em oração;
  9. Ter um tempo de qualidade com a família;
  10. Ajudar a limpar ou fazer alguma coisa na igreja.

Pronto, agora tente, rapidamente ordenar estes itens. Qual seria o primeiro destes? Qual seria o último?

Na minha lista o item 1 seria o último em prioridade, o menos importante, com toda a certeza.

Então, sempre que você estiver numa discussão que parece que não vai levar a nada, pare e vá compartilhar um dos posts do JC na Veia com um amigo. Certamente será mais produtivo.

Não estou dizendo que não devemos discutir algumas coisas, estou apenas questionando a quantidade de esforço que colocamos em algumas discussões apenas para provar que estamos certos. O que importa mais, saber se os dinossauros são falados na Bíblia ou orar por um enfermo? O que será mais produtivo?

Lembro apenas da “prioridade” que Jesus Deus para algumas coisas:

“Entretanto, os fariseus, sabendo que ele fizera calar os saduceus, reuniram-se em conselho. E um deles, intérprete da Lei, experimentando-o, lhe perguntou: Mestre, qual é o grande mandamento na Lei? Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.” (Mateus 22:34-40)

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

6 Comentários

  • André, paz vos seja multiplicada!Muito bom seu estudo!Acredito em prioridades!Ótimo!Gostaria , também, de acrescentar algo…Quando existem discussões sobre a verdade das escrituras, acho louvável uma “troca de opiniões”, desde que seja branda e salutar!Essas discussões levam nos à pensar melhor sobre o assunto, e mais ou menos, trinta por cento das epístolas do apostolo Paulo, fala sobre os falsos mestres e como “batalharmos” contra esses ensinos!E com certeza, fazendo isso, estaremos cumprindo o mandamento deixado por Jesus de amar à Deus e ao proximo como a si mesmo.

    Abraços

  • André, passei a tarde lendo os comentários do seu post “Os 20 melhores versículos sobre dízimo” e agora vendo “O fim das discussões”, fechou com chave de outro. Mas os comentários adversos servem como aprendizado da palavra. Aprendi muito com os comentários como os do Roberto… No fim acredito que devemos fazer o que o coração nos manda, como nos sentimos melhor e mais abençoado. Gosto muito de Rm 14 um nao julga o que um faz e o outro não julga o que o outro não faz. É para o Senhor que ele está em pé ou cai. Abraços e continue seu trabalho Fique com Deus.

    • Olá Wagner, obrigado pelo comentário.

      Estou impressionado e muito agradecido pela sua disposição em ler as centenas de comentários desse post. Alguns deles realmente são muito construtivos, o Roberto é cordial e um grande conhecedor da Palavra.

      Não deixe de comentar em nossos outros posts, sugerir mudanças e temas para abordarmos.

      Deus abençoe sua vida.

  • André meus amigo é muito bom ler, assistir ,seus estudos. São completamente edificantes. Meu dever é orar, clamar a DEUS.por vc e sua família. DEUS TE ABENÇOE E TE DÊ A PAZ.

Deixe um comentário