Diversos

Os 20 melhores versículos sobre dízimo

Versículos sobre dízimo
André
Escrito por André

Hoje quero trazer os 20 melhores versículos sobre dízimo que estão na bíblia. São versículos sobre dízimo que você pode utilizar no momento das ofertas durante o culto ou reunião de celebração de sua igreja. Estes 20 melhores versículos sobre dízimo estão divididos em 4 páginas neste post.

Se você conhece mais versículos sobre dízimo, não deixe de comentar, sempre inserimos as sugestões de versículos de nossos usuários.

Antes de mais nada, acho que vale a pena você dar uma olhada nesse post:

Versículos sobre dízimo

Apresento nesta página os primeiros cinco melhores versículos sobre dízimo que encontramos na bíblia. O primeiro dele fala sobre o que existe de mais importante na relação do cristão com o dinheiro:

“Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria.” (2 Coríntios 9:7)

Em seguida trago um conjunto de versículos sobre dízimo que está entre os mais conhecidos e utilizados nas igrejas. Muitas vezes mal interpretado, mas válido para o assunto:

“Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: ‘Como é que te roubamos?’ Nos dízimos e nas ofertas. Vocês estão debaixo de grande maldição porque estão me roubando; a nação toda está me roubando. Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. ‘Ponham-me à prova’, diz o Senhor dos Exércitos, ‘e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derra­mar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las.” (Malaquias 3:8-10)

Mais um versículo que fala sobre doar, este fala muito mais no sentido de ofertas e auxílio aos necessitados, mas nos traz uma verdade fundamental sobre a administração de nossas finanças à luz da Palavra:

“Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza.” (Provérbios 11:24)

Precisamos entender que dízimo e ofertas não devem ser atitudes feitas com peso ou com mesquinharia. Por isso o versículo acima é imprescindível para nós. O próximo versículo segue a mesma linha, mesmo que seja mais sobre ofertas do que um versículo sobre dízimo:

“Jesus sentou-se em frente do lugar onde eram colocadas as contribuições e observava a multidão colocando o dinheiro nas caixas de ofertas. Muitos ricos lançavam ali grandes quantias. Então, uma viúva pobre chegou-se e colocou duas pequeninas moedas de cobre, de muito pouco valor. Chamando a si os seus discípulos, Jesus declarou: ‘Afirmo que esta viúva pobre colocou na caixa de ofertas mais do que todos os outros. Todos deram do que lhes sobrava; mas ela, da sua pobreza, deu tudo o que possuía para viver’.” (Marcos 12:41-44)

O versículo sobre dízimo a seguir fala que tudo pertence ao Senhor. Por fazer parte da lei, muitas vezes é completamente execrado por algumas pessoas.

“Todos os dízimos da terra – seja dos cereais, seja das frutas – pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor.” (Levítico 27:30)

Nas próximas páginas temos a continuação com mais versículos sobre dízimo. Não deixe de visitar e de opinar sobre o assunto.

Outros posts sobre dízimo

Como esse é um assunto que já falamos muito aqui no blog, gostaria de listar outros posts que escrevemos e podem ser úteis. Nesses posts não falamos apenas de versículos sobre dízimo, mas de dicas, bases bíblicas e mais:

  • 10 dicas para ministrar dízimos e ofertas: um post essencial para quem vai passar por esse momento em sua igreja. Nele eu falo sobre apelo emocional, a importância de estudar, estrutura básica e oração;
  • Dar o dízimo ou não: este texto, um dos mais antigos do blog sobre o assunto, foi escrito pelo grande LHDessart que, na época, se aventurava mais com seus blogs;
  • Deus não quer seu dinheiro: neste texto falo sobre como as pessoas têm enxergado esse assunto atualmente;
  • O fim das discussões: numa tentativa de dar um fim às infindáveis discussões que posts como esse geraram, resolvi escrever um pouco sobre as nossas prioridades;
  • A base bíblica do dízimo: minha opinião sobre os motivos que me levam a crer que o dízimo é atemporal;
  • Mordomia cristã: vale também conhecer o trabalho do Samuel Vinícius, que fez um infográfico bem bacana sobre o assunto.

Temos muito mais textos aqui no blog que falam sobre o dízimo, se você procurar bem vai achar. Porém, creio que estes links já ajudem bastante.

Opiniões além da minha

Dentre todos os vídeos que vi por aí, o da galera do “Dois dedos de teologia”, como sempre, aborda o tema do dízimo de uma maneira muito legal. Porém os caras resolveram tirar o  vídeo do ar. Uma outra pessoa que tratou bem do assunto foi o Douglas Gonçalves. O fato de ter colocado o vídeo dele aqui não significa que eu concordo com tudo o que ele fala, apenas que abordou bem o tema:

Perguntas que sempre recebo

Algumas perguntas são muito recorrentes na área de comentários, por isso resolvi colocá-las aqui e tentar responder da melhor maneira possível. Caso você tenha uma pergunta que gostaria que eu respondesse aqui, seja cordial em seu comentário e, se eu souber respondê-la, colocarei aqui.

Quem recebe o dízimo é o pastor?

Isso vai de igreja para igreja. Na minha opinião o dízimo vai para a administração financeira da igreja, que pode ou não ser cuidada pelo pastor. Minha humilde sugestão é que o pastor não esteja à frente da administração financeira, para não ter um acúmulo muito grande de responsabilidades.

Você é pastor? Você recebe os dízimos de alguém? É por isso que você defende o dízimo?

Não. Não. Não.

O dízimo é 10% de minha renda bruta ou líquida?

Tudo o que fazemos na igreja deve ser feito de maneira livre e sem obrigação alguma. Por esse motivo, a resposta à essa pergunta deve vir da direção do Espírito Santo. Faça conforme você tiver proposto em seu coração.

Todavia, lembre-se que essa é apenas a minha opinião. Não tenha como regra, apenas como mais uma opinião da internet.

Obviamente ainda existem outras perguntas que quero responder aqui. Conforme elas forem surgindo, eu atualizo o post.

Comentários interessantes que já recebi

Esse post sobre dízimo é um dos que mais incita as pessoas a comentarem aqui no blog. Algumas pessoas que comentam, mesmo com opiniões diferentes, são muito cordiais e respeitosas. Aproveito para agradecer às participações dos leitores Carla, Han e Roberto Nogueira que proveram discussões interessantíssimas a respeito do assunto.

Porém, algumas pessoas geram comentários mais interessantes. Dou-me a liberdade de selecionar alguns, que você encontra na área de comentários, um pouco mais para o final do post:

Segundo o comentário abaixo, eu ainda preciso me converter:

“Eresias, renega a aliança com Cristo, ninguém é sacerdote levita, Abraão dizimou voluntário, despojo. A ordem e lei era as tribos é só podia ser recebido pelos sacerdotes, converta se a Cristo pare de ensinar parábolas e versículos para os falsos”

Outro comentário interessante é o que diz que o dízimo vai para o pastor. Não, não vai.

“Julgai vós mesmo: Vcs acham justo quem recebe salario mínimo, e ainda paga aluguel com filhos para criar, tirar 10% para pastores? Pois eu digo: Estão fazendo o contrário que jesus ensinou, pois todos seremos julgados por isso!”

Na lista de quase mil comentários, temos mais alguns pedindo para eu me converter:

“Vc é ui m filho do diabo rapaz, só usa verso isolado assim como o diabo faz….vai se converter!!!!”

E ainda temos aqueles que apontam para a igreja do amiguinho:

“o difícil, é separar os verdadeiros adoradores das religiões atuais que de igreja primitiva não tem nada pois hoje a começar pela católica, não estão fazendo a vontade do criador “

Eu poderia ficar durante horas aqui lembrando outros comentários interessantes, mas acredito que esses já sejam o suficiente. Eu não quis expor ninguém com isso, apenas lembrar os leitores sobre como nós podemos perder a compostura e como isso é indelicado para qualquer um.

Ainda está com dúvidas? Calma, tem mais, com o tempo eu vou atualizando esse post.

Termos de busca para esta página: versículos sobre dízimo, versículos de dízimo, dízimo na bíblia, versiculos sobre dizimo, versículo sobre dízimo, versículo do dízimo, versículo bíblico sobre dízimo, versículo dízimo, dízimo versículo bíblia, o que a bíblia fala sobre dízimo, o dízimo é bíblico, dízimo, dizimar

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

796 Comentários

  • Boa noite pessoal , o dízimo é um mandamento do Senhor, . Deus nos deixa livre para que nós possamos fazer a escolha de lhe obedecer ou não. Eu prefiro o obedecer Amém.

      • Ola Tudo bem, Moro nos Estados Unidos, sou a favor do dizmos e ofertas, eu vejo que as igrejas deveriam investir mais em misoães, nao generalizando claro, parque onde congrego agora a visāo é misāo, Almas e o Reino de Deus, uma igreja doadora e colaboradora, diferente de centenas de outras, eu e minna esposa oramos 5 meses para que Deus nos direcionar-se para uma igreja assim. Abraços boa sorte.

  • Olá André, as pessoas que são contra dar os dízimos e ofertas, são aquelas que não gostam de dar, e sim de receber.
    A Bíblia nos ensina que é melhor dar do que receber. As pessoas ficam procurando sempre argumentos que favorecem a sua carne e quando a encontram saem disparando para todo o lado. A Igreja quando é feia, não é pintada, não tem uma faxada bonita as pessoas logo falam dela. Mas para que a igreja seja bonita, com bebedouros, ar condicionado, etc. quem paga a conta? são os membros que dão os dízimos. A Igreja para os seus impostos e taxas, por isso também precisa dos dizimistas. A Igreja séria, não recebe auxílio financeiro do estado ou da prefeitura. Deus abençoe a sua vida.

    • Olá Josué Inácio, obrigado pelo comentário.

      Acredito que seja indiscutível que a igreja precisa do apoio dos membros para se manter. O que acontece é que muitos acreditam que não são necessários dízimos para isso e que o pastor não deve receber nenhuma ajuda financeira da igreja. É uma longa discussão, infelizmente. Deveria ser algo bem simples: dizimamos por amor a Deus, entendendo que este é o padrão da Sua Palavra. Honramos nossos pastores financeiramente por reconhecermos que Deus os estabeleceu sobre nossas vidas.

      Continue nos acompanhando aqui no blog e também no youtube.

      Deus abençoe sua vida.

  • Bom, eu estava pesquisando sobre versículos e orações, adoro apresentar o culto na minha igreja, mas tenho dificuldade de falar, então fui no Google buscar e aprender mais e achei legal tudo que li, vou aprender muito por aqui com certeza, André, continue com seu ide. fica na paz de Cristo…

    • Olá Adriana Ramos, obrigado pelo seu comentário.

      Fico muito feliz que tenha gostado do post, espero que ele realmente ajude você.

      Deus abençoe sua vida.

  • Vemos na bíblia que o dizimo começou antes da lei continuou durante a lei e quando Jesus falou sobre o dizimo do fariseu falou para continuar assim dando o dizimo. O dizimo biblicamente é para hoje.

    • Olá Bryan, obrigado pelo seu comentário.

      Assunto delicado esse, como você deve ter visto nas centenas de comentários que temos nesse post. Se não o fez ainda, leia os comentários, alguns são bem interessantes.

      Deus abençoe sua vida!

  • ola andre bom dia quero fazer somente uma observacao a cerca do dizimo, o dizimo nao e da lei nem muito menos da graca o dizimo e Deus. Interessante que o mais beneficiado c a entrega do dizimo nao e deus e nem o pastor muito menos a igreja e exatamente o dizimista. Deus falou p o dizimista e fazei prova de mim se Eu nao vos abrir as janelas do ceu e derramar bencao sem medida. Amem

    • Olá Luciano, obrigado pelo comentário.

      Concordo com você, no caso do dízimo, o maior beneficiado é sempre o dizimista. É uma questão de fé.

      Paz.

  • Na minha opinião o maior agravante sobre o assunto do dízimo é que muitos líderes religiosos utilizam o capítulo 3 do livro do profeta Malaquias como base teológica para a cobrança do dízimo, chegando em alguns casos a dizer que aquele que não dar o dízimo é ladrão (Malaquias 3.8) e citam 1 Coríntios 6, 9 e 10 para deixar claro que os ladrões não herdam o Reino de Deus. Deste modo, ao meu ver, o dízimo se torna um instrumento de salvação, pois se você confessa o nome do Senhor Jesus e pela fé aceita o sacrifício de Cristo na Cruz e se arrepende dos seus pecados, mas não dar o dízimo, não herdará o Reino de Deus (dói em minha alma ouvir isso, misericórdia Senhor!). A graça nos torna livres para está acima da lei e o nosso argumento para o dízimo deve ser o de Abraão que deu o dízimo voluntariamente como ato de amor e gratidão pelas bençãos de Deus, todavia também entendo que cada um deva contribuir conforme aquilo que colocou no coração, deste modo se a pessoa desejar dar 5%, 10%, 15%, 20 % … de sua renda que contribua alegremente e fielmente para a obra do Senhor como ato de gratidão e de louvor a Deus. O dízimo é bíblico e está antes da Lei, se encontra na Lei, e está na Nova Aliança como uma oferta voluntária que cada cristão pode realizar como ato de gratidão e adoração a Deus. Se há cristãos que não doam 10% da sua renda, que possam doar fielmente com aquilo que colocarem no seu coração, e Deus, que conhece os corações, se encarregará de trabalhar nesse coração para os fazer compreender que “mais bem-aventurada coisa é dar do que receber”. Que Deus abençoe a todos e Paz de Cristo!

    • Olá Kaio, obrigado pelo comentário, enriqueceu nossa discussão.

      Concordo com você que muitos líderes religiosos utilizam argumentos estranhos para forçar os fieis a entregarem dinheiro na igreja. Isso é errado e devemos combater esse tipo de atitude.

      Mas isso, como você colocou com sabedoria, não invalida o fato de que o dízimo é bíblico e não tem ligação com a lei, sendo válido também na nova aliança.

      Deus abençoe sua vida.

Deixe um comentário