Música

Os 5 piores clipes de metal cristão de todos os tempos

André
Escrito por André

Eu sempre gostei muito de metal cristão, não me importo com a década de lançamento. Sei que os dos anos 80 vão ter um determinado estilo e os mais atuais outro completamente diferente, porém, sei apreciar todos.

Até o dia em que resolvi escrever este post…

Nunca mais poderei ouvir estas músicas da mesma maneira. O que deu na cabeça destes caras para que eles fizessem estes clipes? Se você não quer ter esta péssima experiência, não veja estes vídeos.

Barren Cross – Imaginary Music

“Ok Barren, converse com o câmera, peça para ele ficar pelo menos 5 segundos com a câmera parada ok?”

O álbum “Atomic Arena” foi lançado em 1988 e esteve entre os melhores. Barren Cross é um ícone do metal cristão até hoje. Infelizmente este foi o seu primeiro clipe.

Stryper – Soldiers under command

O Stryper conseguia ter as roupas mais esquisitas de todo o universo musical cristão. Os som deles é fenomenal, mas tem coisas vistas que “jamais serão desvistas”, este clipe é uma delas.

Whitecross – Down

Existem partes do clipe que não estão nem sincronizados com o áudio, é sério isso?

Certo, ainda era 1989, mas já era possível fazer esta sincronização.

Guardian – Shoeshine Johnny

“Legal pessoal, todos vão aparecer no clipe com seus instrumentos desligados.” – Que ótima ideia do diretor!

O álbum “Miracle Mile”, da qual a música faz parte foi lançado em 1993 e, assim como alguns álbuns do Petra, foi produzido pelos irmãos Elefante.

Petra – Beat The System

Chegamos, finalmente, no nosso TOP 1.

Petra é uma banda que eu ouvi muito, muito mesmo. Sempre serei um fã do trabalho dos caras, mas preciso admitir que não existe a menor explicação para este clipe.

Lançado em 1985 o clipe marcava uma nova fase musical desta banda de tantas e tantas facetas.

E aí, gostou dos clipes? Ficou envergonhado? Comente aí!

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário