Versículo

O crescimento de Ester

Bárbara Cunha
Escrito por Bárbara Cunha

“E disse o rei à rainha Ester: Na fortaleza de Susã os judeus mataram e destruíram quinhentos homens, e os dez filhos de Hamã; nas mais províncias do rei que teriam feito? Qual é, pois, a tua petição? E dar-se-te-á. Ou qual é ainda o teu requerimento? E far-se-á.” (Ester 9:12)

Há alguns meses, vimos que Ester teve uma postura diferente da antiga rainha Vasti. Ela foi sábia e seguiu a orientação do Senhor, sem precisar dizer muito.

Ester também levou a sério a consagração a Deus, entendeu que o casamento com o rei Assuero tinha um propósito e ainda garantiu que seu tio fosse honrado com o anel de autoridade do rei.

De fato, desde o primeiro capítulo do livro que recebe seu nome, é possível notar que passou por um grande crescimento. Ela amadureceu como mulher, tanto espiritual quanto humanamente.

No princípio mal falava, apenas obedecia às ordens de Mardoqueu. Submeteu-se a Assuero e esperou o momento certo para entrar em sua presença e clamar por socorro. No final, poderia pedir o que quisesse ao rei que ele atenderia sem nem ao menos questionar.

Provérbios 14:01

Ela não se precipitou. Antes de tudo, Ester decidiu estar sensível à voz do Senhor. E sendo mulher, foi prudente, sábia, edificou seu lar e também seu povo. Não foi independente.

Caso tivesse agido por conta própria, poderia ter perdido a coroa e sido expulsa do reino, como foi com Vasti.

Em resumo: quando somos guiados por Deus e Seu Espírito, ainda que as lutas sejam grandes e as circunstâncias pareçam não ajudar, por fim, a recompensa será melhor do que imaginávamos quando ingressamos naquele desafio.

Desta maneira, confie que Ele tem o melhor para você e entregue todos os teus caminhos a Ele.

Sobre o autor

Bárbara Cunha

Bárbara Cunha

Paulista de 20 e alguns anos. Cristã convicta. Jornalista. Corintiana torcedora do Arsenal da Inglaterra. Apaixonada por filmes, séries e música.

Deixe um comentário