Versículo

A verdade que liberta da mentira

Homem Triste
André
Escrito por André

“Responderam, e disseram-lhe: Nosso pai é Abraão. Jesus disse-lhes: Se fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão. Mas agora procurais matar-me, a mim, homem que vos tem dito a verdade que de Deus tem ouvido; Abraão não fez isto. Vós fazeis as obras de vosso pai. Disseram-lhe, pois: Nós não somos nascidos de fornicação; temos um Pai, que é Deus.” (João 8:39-41)

O contexto dessa passagem fala sobre aqueles judeus que começaram a crer em Cristo e que, segundo Jesus, deveriam ouvir a verdade para que fossem libertos, como vimos essa semana.

Porém, quando começam a ouvir as verdades que Jesus trazia, como por exemplo deles estarem servindo ao pecado ou, como vemos no versículo de hoje, de que eram filhos do diabo (por conta de suas obras), eles negam. Com isso, demonstravam que não queriam a verdade, que queriam continuar vivendo na mentira em que sempre estiveram.

Novamente, a mesma coisa pode acontecer conosco, quando ouvimos algo que é a verdade da bíblia mas não nos agrada. Às vezes ouvimos de nossos pastores que determinada ação é pecado, e não aceitamos. Ouvimos que devemos honrar e obedecer nossos pais e líderes, mas preferimos não dar ouvidos a isso.

Isso não serve para o verdadeiro cristão.

O cristão real é aquele que guarda a Palavra e a segue em todo o tempo. Ele não seleciona as partes que o interessam, ignorando todo o resto.

Que nós sejamos esses, que ouvem a verdade e a aplicam em suas vidas.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário