Tudo o que temos vem de Deus

“Ela, pois, não reconhece que eu lhe dei o grão, e o mosto, e o azeite, e que lhe multipliquei a prata e o ouro, que eles usaram para Baal.” (Oséias 2:8)

É engraçado pensar que Gômer não via que todas as coisas que ofereceu a Baal em adoração fôra dado pelo Senhor, o nosso Deus. É inevitável, independente do nosso esforço, tudo o que temos vem de Deus pois tudo é dEle.

Ler maisTudo o que temos vem de Deus

Ele nem é crente e é abençoado

“Porque sua mãe se prostituiu; aquela que os concebeu houve-se torpemente, porque diz: Irei atrás de meus amantes, que me dão o meu pão e a minha água, a minha lã e o meu linho, o meu óleo e as minhas bebidas.” (Oséias 2:5)

Você não deve conhecer alguém que, após se converter, disse que estava com mais problemas do que os não convertidos. Bem, não sei você, mas eu já fui uma dessas pessoas, inclusive.

Em algum momento, você deve ter dito ou ouvido alguém se queixar que “ciclano nem é crente e é abençoado” ou “fulano só faz besteira e recebe muitas bençãos”.

Ler maisEle nem é crente e é abençoado

Entrega para outros deuses

“Contendei com vossa mãe, contendei, porque ela não é minha mulher, e eu não sou seu marido; e desvie ela as suas prostituições da sua vista e os seus adultérios de entre os seus seios.” (Oséias 2:2)

Gômer traiu Oséias. Rompeu a aliança de casamento que estabeleceram. Ela se entregou a quem não pertencia.

Ler maisEntrega para outros deuses

Casando com uma prostituta

casando com uma prosituta

“O princípio da palavra do Senhor por meio de Oséias. Disse, pois, o Senhor a Oséias: Vai, toma uma mulher de prostituições, e filhos de prostituição; porque a terra certamente se prostitui, desviando-se do Senhor.” (Oséias 1:2)

O que você faria se Deus dissesse que você deveria se casar com uma prostituta?

Ler maisCasando com uma prostituta

Misericórdia quero, e não sacrifício

Espelho quebrado com mulher refletida

“Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos, porque não ouvirei as melodias das tuas liras. Antes, corra o juízo como as águas; e a justiça, como ribeiro perene.” (Amós 5:23-24)

No sistema da velha aliança eram exigidos sacrifícios como pagamento pelo preço dos pecados do povo e também sacrifícios de louvor. O povo cumpriu essa parte da lei religiosamente, porém sem ter o coração voltado para o propósito da ação.

Ler maisMisericórdia quero, e não sacrifício