Estudo de Gênesis 1

Em Gênesis 1 vemos o relato de Moisés sobre a criação do universo, e de tudo o que existe. Vemos como, em 6 dias, Deus cria todas as coisas.

Deste lindo capítulo, veremos alguns pontos específicos.

A criação

O relato da criação começa com:

“No princípio, criou Deus os céus e a terra.”

Gênesis 1:1

Importante lembrarmos que Moisés, o autor do livro, não foi testemunha ocular do momento da criação, logo, precisamos inferir que este relato escrito por ele é fruto de inspiração divina, como vemos em 2 Timóteo 3:16.

O que aprendemos aqui, e devemos reter, é que Deus é o Criador de todas as coisas. Sem entrar em pormenores do texto, podemos facilmente absorver que nosso Pai é o criador de tudo o que existe e nada do que existe pode se sustentar sem que Ele permita.

Isso deve nos tocar profundamente, em honra e temor ao nosso Senhor. Servimos ao Deus Todo-Poderoso, Criador e sustentador do universo. Não servimos um deus fraco, cheio de falhas e morto. Nosso Deus é eterno, perfeito e santo.

Podemos avaliar muito mais o texto, porém gosto de pensar como Matthew Henry, que diz:

“A fé do cristão humilde compreende melhor este fato do que a fantasia dos homens mais doutos”

Matthew Henry – Comentário bíblico de Matthew Henry

Às vezes ficamos tentando desvendar cada detalhe, alinhar tudo o que lemos na Palavra com cada nova descoberta, estudar profundamente a estrutura do texto, etc. Isso tudo é muito bom. Ao mesmo tempo, temos alguns entendimentos muito simples que podemos extrair desse texto e nos beneficiar deles.

Sem forma e vazia

Vemos também que a terra era sem forma e vazia:

“E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz. E houve luz.”

Gênesis 1:2,3

Assim como nossa vida, antes do Senhor, era sem forma e vazia, assim era a terra. Da mesma forma que quando Deus diz “haja luz”, a luz invade a terra, quando Deus nos resgata, traz a Sua luz para nossas vidas, iluminando tudo o que era trevas e permitindo que vivamos nessa luz.

Esse texto nos lembra do que lemos no nosso estudo de efésios 2:

“E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, em que, noutro tempo, andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência; entre os quais todos nós também, antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.”

Efésios 2:1-3

Estávamos mortos, andávamos em trevas, até que Jesus nos ilumina com Sua vida. Essa passagem de Gênesis também está totalmente relacionada com o que vimos no nosso estudo de João 1:

“No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele, estava a vida e a vida era a luz dos homens; e a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.”

João 1:1-5

Jesus estava na criação com o Pai, como o Verbo, está conosco, é nossa luz, que vence as trevas e resplandece em nossa escuridão para criar vida em nós.

Imagem e semelhança

Também lemos que fomos criados à imagem e semelhança de Deus:

“E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou.”

Gênesis 1:27

Entender que fomos feitos à imagem de Deus muda tudo em nossas vidas. Podemos, por exemplo, entender melhor o que lemos em nosso estudo de 1 Pedro:

“porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.”

1 Pedro 1:16

Se Deus é santo e fomos feitos imagem e semelhança dele, fomos criados para sermos também santos. O que acontece, como veremos aqui no nosso estudo de Gênesis, é que em dado momento da história, o pecado nos dominou e passou a governar sobre nossas vidas. Porém, o pecado não é nossa forma, mas sim nosso estado caído. Nós fomos criados para a santidade, caímos no pecado e fomos resgatados por Cristo para uma nova vida. Essa nova vida para a qual Cristo nos resgata, é uma vida santa, livre do poder do pecado.

Existe muito mais para refletirmos quando sabemos que fomos criados à imagem e semelhança de Deus. Por exemplo, sabemos então que somos eternos. Estamos nessa vida terrena mas, assim como é Deus, nós somos eternos. Isso nos leva a uma série de reflexões importantes.

Os abençoou

Também vemos, no versículo 28:

“E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.”

Gênesis 1:28

A primeira coisa que Deus faz após nos criar, foi declarar a sua bênção sobre Adão e Eva. Da mesma forma, entendo eu, que Deus quer nos abençoar, Ele deseja que sejamos pessoas abençoadas.

Isso não significa que Ele deseja atender nossas vontades, mas Sim que deseja que a Sua vontade se faça em nossas vidas. Estas são duas coisas bem diferentes.

Aqui, podemos nos lembrar do texto de 2 Coríntios:

“E Deus é poderoso para tornar abundante em vós toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda suficiência, superabundeis em toda boa obra,”

2 Coríntios 9:8

Deus deseja que a Sua bênção esteja sobre nós em todo o tempo.

E viu Deus que era bom

Por fim, lemos que Deus olha para tudo o que tinha feito:

“E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto.

Gênesis 1:31

Tudo o que Deus faz é bom. Não existe nada que Ele faça que seja ruim quando analisamos isso do ponto de vista da eternidade.

Aqui precisamos entender que servimos a Deus que bom, que Sua natureza é nos amar, nos abençoar e guardar. Isso não significa que a vida será sempre perfeita mas que, nos momentos onde ela não é tão boa, Ele continua conosco, sem nunca nos abandonar, afinal, tudo o que Ele faz é bom.

Vemos essa ideia de que tudo o que Deus faz ser bom, em Romanos:

“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Romanos 12:2

Nosso Deus é um Deus bom! Aleluia!

Desafio do capítulo

Deixamos de falar aqui nesse estudo sobre uma série de versículos de Gênesis 1. Qual entendimento você teve sobre algum dos versículo que não falamos?

Faça parte de nossa comunidade no Telegram e receba conteúdo exclusivo antes de todo mundo!

0 comentário em “Estudo de Gênesis 1”

  1. Pingback: Estudo de Gênesis 2 - JC na Veia

Deixe um comentário