Música

Megafone

Hoje é dia de Megafone no JC na Veia. Antes de mais nada curta o clipe da música “Não há outro lugar” (que já tem mais de 700.000 views), depois dele eu não vou precisar falar mais nada…

Ok, não aguento, os caras são bons mesmo. Não é à toa que foram contratados pela Sony Music e estão bombando na internet desde 2007.

A banda vem lá da Comunidade Cristã de Curitiba e, pelo o que consta, são bem ativos em sua igreja. Em suas letras, falam diretamente sobre Deus e sua Palavra, o que conta muito positivamente na minha opinião.

O destaque fica com as músicas “Meu Deus Está Vivo” e “A Casa é Sua”, incrivelmente bem produzidas e letras muito boas, tudo feito com perfeição. Fazia tempo que eu não via uma banda independente fazer um trabalho assim.

Além de tudo, no site deles, você ainda encontra muitas informações interessantes. O que mais me chamou a atenção foram as vídeo-aulas das músicas e os arquivos de play along que eles disponibilizam gratuitamente. Poucos artistas hoje utilizam o seu tempo livre para criar esse relacionamento com os ouvintes.

A formação atual da banda é a seguinte:

  • Silvio Lacerda (vocal)
  • Rebeca Lacerda (vocal)
  • Thiago White (guitarra)
  • Abner Anthony (guitarra)
  • Luiz Bahl (baixo)
  • Leandro Bher (bateria)

Para conhecer um pouco mais do trabalho deles, basta acessar algum dos links abaixo:

  • Site – Informações mais detalhadas da biografia, contato e muito mais;
  • Loja oficial – Sim, os caras tem uma loja oficial, e tem produtos bem interessantes;
  • Youtube – Os clipes fenomenais deles;
  • Instagram – Fotos com frases;
  • Twitter – É atualizado na frequência da tartaruguinha;
  • Facebook – 134.000 curtidas e contando;
  • Spotify – Todas as músicas para você ouvir, gratuitamente;
  • iTunes – Onde você pode comprar as músicas pagando em Obamas;
  • Google Play – Onde você pode comprar as músicas pagando em Dilmas e ver uma banda portuguesa homônima. Eu amo os erros da loja do Google.

Valeu e até a próxima.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário