O Estado Islâmico planeja nos matar

“lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” (1 Pedro 5:7)

Ontem o Yuri – se vocês não conhecem, ele é o cara que me ajuda com o design do blog e com muitas outras coisas – comentou comigo que ele viu uma notícia de que o Estado Islâmico está planejando um ataque nuclear para matar milhões de pessoas. Sabemos que um dos principais alvos deles são os cristãos.

Com base nesta notícia, a conversa tomou rumo de maneira que gostaríamos de saber se Deus livraria o seu povo de uma tragédia destas.

A minha conclusão foi bem simples: se eles conseguirem matar este monte de cristãos, a grande maioria irá para o céu. Não é este o objetivo de todos nós?

Óbvio que foi uma análise com um toque de brincadeira, mas esta é uma verdade. Qual mal faz quem me matar por minha fé? Nenhum. Pelo contrário, eu teria prazer em morrer por ser cristão, vejo como uma morte digna.

Agora, é possível que Deus nos livre? Óbvio.

Pode ser que, num segundo, num piscar de olhos, todos os integrantes do EI caiam mortos, sem explicação aparente. Pode ser que eles todos se arrependam. Deus tem uma infinidade de maneiras diferentes de livrar o Seu povo.

A grande questão de toda esta conversa é que devemos descansar em Deus, sempre. Não importa a ameaça, a adversidade ou o problema.

Isso não significa que não vamos lutar no que podemos: nossos direitos, nossa oração e nossa intimidade com o Espírito Santo, mas significa que temos segurança no Pai.

Paz.

Deixe um comentário