Bíblia aberta

Como aquelas 12 pessoas se tornaram apóstolos?

Não temos como tentar entender como aqueles 12 discípulos se tornaram apóstolos sem antes entender uma diferença básica entre estes dois grupos de pessoas. Já falamos um pouco sobre isso, quero trazer um pouco mais de contexto.

Lucas 6 é o capítulo onde lemos sobre a eleição destas 12 pessoas. Lá temos uma distinção clara entre apóstolos e discípulos. Por isso, vamos analisar as palavras usadas lá para entender o que elas querem dizer:

“E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos:” Lucas 6:13

A palavra usada aqui para discípulos é uma derivada de “mathétés”, que significa algo como um aprendiz, um seguidor de Cristo que aprende as doutrinas das escrituras e as consequências dela para as suas vidas.

Já a palavra utilizada para apóstolos é “apostolos”,que significa uma pessoa numa missão, um mensageiro, alguém que foi comissionado por outra pessoa.

A diferença clara então era entre os que estavam sendo comissionados para uma algo especial e aqueles que seriam aprendizes.

Porém isso ainda não traz, no meu ponto de vista, nada muito prático para nossas vidas. Precisamos então analisar o versículo 12 do mesmo texto:

“E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus.” Lucas 6:12

Olhando para este texto noto que, para comissionar estas pessoas, Jesus orou. Logo, parece que foi através da oração e direção de Deus que estas pessoas foram escolhidas. Vemos um paralelo disso na eleição de novos apóstolos em Atos:

“É necessário, pois, que, dos homens que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição. E apresentaram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias. E, orando, disseram: Tu, Senhor, conhecedor dos corações de todos, mostra qual destes dois tens escolhido, para que tome parte neste ministério e apostolado, de que Judas se desviou, para ir para o seu próprio lugar. E, lançando-lhes sortes, caiu a sorte sobre Matias. E por voto comum foi contado com os onze apóstolos.” Atos 1:21-26

Para que Matias fosse escolhido como apóstolo, também existiu um período de oração.

Entendemos até aqui então que, estas pessoas foram comissionadas para uma missão e que foram escolhidas através da oração. Isso ainda não nos traz nada de prático para nossas vidas. Porém, no texto de atos temos algo muito interessante, que pode passar sem grande destaque se não tomarmos cuidado. Note esta parte do diálogo:

“um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição” Atos 1:22b

Aqui temos mais uma informação importante: apóstolos de Cristo precisavam testemunhar para as pessoas sobre a Sua ressurreição!

Pode parecer algo simples, mas também pode nos dizer algo muito importante se analisarmos o contexto da época onde isso foi escrito. Vejamos o seguinte texto:

“E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos. E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde.” Atos 4:1-3

Vemos aqui claramente que, naquele tempo, testemunhar a ressurreição de Cristo era o mesmo que aceitar ser perseguido e preso. Vemos o mesmo mais para frente:

“E, levantando-se o sumo sacerdote, e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja, e lançaram mão dos apóstolos, e os puseram na prisão pública.” Atos 5:17,18

A situação era a mesma. Com isso aprendo que, ser chamado para ser apóstolo não era apenas uma comissão de evangelizar, mas de estar disposto a ser entregue à prisão, a sofrer as consequências deste chamado. Agora, esta sim é uma grande diferença entre os discípulos e os apóstolos.

Os discípulos eram alunos, pessoas que eram ensinadas por Cristo. Apóstolos foram aqueles que entregaram toda a vida para testemunhar da ressurreição de Jesus.

Quando aplico este entendimento para a minha vida, percebo qual deles eu sou.

Paz.

0 comentário em “Como aquelas 12 pessoas se tornaram apóstolos?”

Deixe um comentário