Versículo

Virou pastor, ficou rico

Versículos para oferta
André
Escrito por André

“Pois, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por vossa causa.”(Romanos 2:24)

Neste texto Paulo está falando sobre os religiosos que, condenando algumas práticas com seu discurso, praticavam tudo aquilo que condenavam. Fazendo isso, escandalizavam as pessoas.

O fato é que a mesma coisa acontece hoje em dia. Infelizmente vemos muitos pastores e padres fazendo coisas erradas. Assim como vemos muitos pais-de-santo, muçulmanos, judeus e religiosos em geral, fazendo coisas que estão em total desacordo com os seus discursos.

E como nós gostamos de falar sobre isso…

Podemos até não admitir, mas muitos de nós tem até um certo “gosto” em ficar falando  mal do pastor que ficou famoso e, ao mesmo tempo, por “mera coincidência”, milionário.

Porém eu gostaria de voltar alguns versículos no mesmo texto, no mesmo contexto:

“Portanto, és indesculpável, ó homem, quando julgas, quem quer que sejas; porque, no que julgas a outro, a ti mesmo te condenas; pois praticas as próprias coisas que condenas.” (Romanos 2:1)

Pode até ser que não roubemos a igreja, mas vivemos dizendo, pregando e ensinando os outros que não devemos mentir, que não podemos julgar e que devemos amar até mesmo nossos inimigos. Mas será que fazemos isso em todo o tempo?

Para falar mal do pastor fulano, que enriqueceu muito rapidamente, espero que você esteja fazendo todas as coisas que aprendeu. Do contrário, você está trazendo juízo sobre sua própria vida.

Que tal o seguinte: ao invés de perdermos nosso tempo falando mal de uma ou outra pessoa (o pastor fulano foi apenas um exemplo), por que não passamos este mesmo tempo orando ou lendo a Bíblia? Talvez falando sobre a misericórdia e a graça de Deus, bendizendo o Seu nome por ter salvo pecadores tão convictos como eu e você?

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

6 Comentários

  • Paz André, quanto tempo!!! Bem isso e bem relevante no nosso tempo, que pelo erro de poucos, o resto tambem leva culpa… Muitas vezes quando nós éramos do mundo usávamos muito esse julgamento generalizado, pois é mais fácil para eles acusar do que discernir… Bem que não venhamos perder muito tempo com isso e com a cabeça mais em Deus e não em homens pois nós seremos julgados por Ele também. Ah e aliás qual é o motivo mesmo de aparecer uma nova autora de artigos mesmo, já que pelo que eu me lembre quando eu cheguei era só você? Será que tenho chance de escrever também artigos assim como você aqui?

    • Olá Luiz, obrigado pelo seu comentário e perdão pela demora na resposta, o feriado foi com a família.

      Realmente devemos tomar muito cuidado para não ficarmos julgando as pessoas. Quando fazemos isso o malefício é só nosso.

      Sobre a Bárbara, nossa nova autora, ela é uma pessoa que já conheço pessoalmente há um bom tempo e que confio bastante. No início era só eu, depois tive a ajuda de outras pessoas, alguns que participaram de maneira esporádica e outros mais assíduos.

      Hoje em dia, após alguns erros, tomo muito cuidado antes de colocar alguém para ser autor no blog. Tenho algumas regras comigo e elas tem dado certo. A Barbara foi uma pessoa que conseguiu seguir todas estas regras e agora seus textos estão sendo publicados.

      Porém, continuo muito aberto a novos autores, certamente não sou o dono da verdade e a visão de outras pessoas ajuda muito.

      Estou lhe enviando um e-mail, responda-o com um de seus textos que podemos conversar com mais calma.

      Obrigado pelo interesse.

      Paz.

  • Graça e paz André!muito bom !realmente essa postagem nos chama à atenção para analisarmos a nós mesmos quanto ao julgamento!Só gostaria de acrescentar, que em muitos casos, somos chamados à “apontar o erro”, quando pessoas ultrapassam o que as escrituras nos ensinam!

    Abraços

    • Olá Roberto, obrigado pelo comentário.

      Concordo com você, devemos sempre estar atentos aos erros, a tudo aquilo que vai além dos ensinamentos das escrituras.

      Deus abençoe sua vida.

      Paz.

  • André vc não me conhece pessoalmente, mas creio que através do ESPÍRITO SANTO somos amigos. Suas mensagens tem sido edicantes tanto pra mim, como para as pessoas que tenho compartilhado. Meu irmão amo sua sabedoria para escrever sobre a palavra. De DEUS. Sinto-me honrado em receber suas mensagens, sua orientação, seu ensinamento. Do fundo do meu coração, da minha alma peço a DEUS quê continue te dando anos de vida e sabedoria para que possamos desfrutar destes ENSINAMENTOS dados a vc por DEUS. BREVE ESTAREI TE PEDINDO ORIENTAÇÃO SOBRE ALGUNS VERSÍCULOS.
    DEUS TE ABENÇOE MEU GRANDE AMIGO.

    • Olá Antônio, muito obrigado pelo comentário.

      É extremamente gratificante ter amigos assim como você. Posso dizer com segurança que muitos dos leitores, apesar de não nos conhecermos, acabam tornando-se amigos. Conversamos constantemente, compartilharmos nossas visões sobre a Palavra e até mesmo algumas dificuldades.

      Obrigado por estar conosco na jornada.

      Deus abençoe sua vida.

Deixe um comentário

Quer saber antes de todo mundo o que acontece no JC na Veia?
Assine nossa newsletter
Essa é uma lista exclusiva, poucas pessoas permanecem nela e oferecemos o melhor para nossos assinantes, conteúdo exclusivo e novidades em primeira mão.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
close-link