Versículo

Tristeza e compaixão

Versículos de cura
André
Escrito por André

“E chegaram os seus discípulos, e levaram o corpo, e o sepultaram; e foram anunciá-lo a Jesus. E Jesus, ouvindo isto, retirou-se dali num barco, para um lugar deserto, apartado; e, sabendo-o o povo, seguiu-o a pé desde as cidades. E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela, curou os seus enfermos.” (Mateus 14:12-14)

Quando João, primo de Jesus que preparou o caminho para Ele e de quem Cristo deu tão impactante testemunho, morre, eu acredito que Jesus tenha ficado triste. A palavra não deixa isso claro, mas faço essa inferência pelo fato de Cristo ter se retirado do meio do povo e procurado um lugar deserto para ir.

Se isso realmente aconteceu, temos uma importante lição aqui. Mesmo entristecido pela morte de seu primo, Cristo olhou para as pessoas e, tendo compaixão delas, as serviu. A lição que temos é que nossos problemas não são maiores ou mais importantes que os de nosso próximo.

E nós, egoístas como somos, temos o costume de acreditar que nossos problemas são sempre os maiores e mais importantes a serem resolvidos. Dificilmente, ao passarmos por um tempo de dificuldades, nos prestamos a ajudar os outros.

Digo isso não para lhe acusar, digo isso por mim mesmo. Por exemplo, quando estou com algum filho doente, não olho para mais ninguém. Jesus não fez assim.

Ele nos ensinou, através de Seu exemplo, que devemos constantemente olhar para o nosso próximo e amá-los como amamos a nós mesmos.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário