Versículo

Quando o culto passa do horário

Coisas que você não deveria fazer na igreja - Ficar levantando constantemente
André
Escrito por André

“Ora, descendo ele do monte, grandes multidões o seguiram.” (Mateus 8:1)

Após um de seus maiores sermões, o sermão da montanha, Jesus é seguido por grande multidão, ávida de ouvir um pouco mais de suas Palavras, receber cura ou apenas estar com Ele.

Fica então a dúvida: como nós encaramos um culto que passa do horário? Queremos estar um pouco mais de tempo ouvindo a Palavra ou desejamos voltar correndo para casa, reclamando da demora para a reunião acabar?

Posso responder por mim: muitas vezes já estive entre os que reclamavam.

Isso é estranho pois, quando eu namorava, saía da casa dela e ainda queria ficar conversando por telefone ou trocando mensagens pelo celular. Eu simplesmente não queria ficar longe daquela que hoje é minha esposa.

A questão é que nunca tratamos o nosso Salvador da mesma maneira. Damos menos importância para aquele que morreu por nós do que para uma namorada, para um seriado ou jogo de futebol.

Parece-me estranho.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

4 Comentários

  • Depende.
    A igreja que congrego, infelizmente tem uma certa vocação para entretenimento pós culto.
    Então depois da palavra, sempre rola um “bizz” daquele louvor gigante, repetitivo e “moderno”.

    E isso me irrita profundamente… não vejo a hora de ir embora.

    • Olá Bruno, obrigado pelo comentário.

      Eu entendo que isso irrite você, eu também já me senti assim. Porém precisamos perceber que isso é algo muito pequeno e não pode nos tirar do sério. Jesus fez muito mais por nós.

      Deus abençoe sua vida.

  • Vemos muitos sermões sem estrutura e direção de Deus, tem que ser tudo, conforme ICo 2.2, nada propus saber entre vós….
    Como se diz o ditado popular, o preletor enfeita muito o pavão, valorizando o seu ego, então fica difícil, pelo enfado da mensagem, sem inspiraçao e unção, ficamos a merce de que acabe logo, ou melhor, muitas vezes nem deveria ter começado.
    Tem duas situações no sermão: “Aquele que desejamos que acabe logo e outro de dizemos, não era hora de acabar”.

    • Olá Luiz, obrigado pelo comentário.

      Eu considero muito complicado uma afirmação de um determinado ministro não tem unção ou quer valorizar o seu ego. Não estou na pele da pessoa para julgar.

      De qualquer, seu ponto de vista é bem-vindo.

      Deus abençoe sua vida.

Deixe um comentário