Olhando para o lugar errado

“Reunindo-se eles na Galileia, Jesus lhes disse: ‘O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens. Eles o matarão, e no terceiro dia ele ressuscitará’. E os discípulos ficaram cheios de tristeza”. Mateus 17:22:23

É muito interessante quando Jesus diz aos discípulos sobre a sua função na terra ou o seu propósito. Nas passagens acima vemos um exemplo disso. Existem diversas outras passagens onde Jesus diz a mesma coisa para os discípulos e a reação é quase sempre a mesma.

Quando Jesus fala que é necessário que Ele morra, Ele também fala que ao terceiro dia ressuscitará. Quase sempre os discípulos expressam uma reação de tristeza.

É óbvio que, se o mestre diz que é necessário que Ele morra, ainda mais da forma como seria, sofrendo e padecendo, é natural que eles ficassem tristes. Porém Jesus sempre falou sobre sua ressurreição. Parece que isso eles não ouviram.

Meditando um pouco mais sobre isso, será que eles simplesmente não ouviram a parte que Jesus dizia que iria ressuscitar, ou eles não tinham a fé necessária para acreditar?

Independente da resposta, podemos fazer um paralelo dessa situação com a nossa vida. Pense em quantas vezes Deus te prometeu algo que parecia impossível e por vezes nós ou não tínhamos a fé suficiente, ou simplesmente não ouvimos.

Deus está constantemente falando conosco. Precisamos estar atentos e, mais do que isso, precisamos ouvir tudo que Ele nos diz, até a última palavra e ter a fé necessária para crer que irá se cumprir.

Os discípulos estavam olhando para o lugar errado. Se eles tivessem compreendido todo o propósito, focariam na ressurreição, e poderiam assim ver o tamanho dessa obra e o quão maravilhoso é o nosso Deus.

Ter fé e ouvir a Deus não é algo simples, mas ao mesmo tempo é muito possível. Comunhão com o Senhor, essa é a chave.

Tem diversos outros posts aqui no blog que falamos sobre isso, no nosso canal do YouTube também. Não deixe de ir atrás e pesquisar mais sobre o assunto, para que assim possamos pelo Espírito Santo não só ouvir a Deus, mas também crer em suas palavras!

Deus abençoe.

Deixe um comentário