Versículo

Movido de íntima compaixão

Homem no campo com a bíblia na mão
André
Escrito por André

“Então Jesus, movido de íntima compaixão, tocou-lhes nos olhos, e logo seus olhos viram; e eles o seguiram.” (Mateus 20:34)

Em diversas passagens onde Jesus curou uma pessoa ou libertou alguém, vemos que a Palavra nos diz que Ele “teve compaixão”, “condoeu-se” ou algo similar. Muitas vezes a ação de Jesus era disparada por um sentimento como esses.

Quando li isso, fiquei refletindo sobre o motivo de, pessoalmente e como igreja, fazermos tão pouco pelo nosso próximo. Minha conclusão foi a de que perdemos a capacidade de criar compaixão pelas pessoas, não conseguimos mais nos colocar na mesma posição dos outros.

Isso acontece pois estamos tão focados nos nossos problemas, nas nossas dificuldades e nos nossos umbigos, que olhar para o lado ficou difícil demais.

Deixe-me fazer uma pergunta: quando foi a última vez que ao olhar para um necessitado na rua a sua compaixão gerou uma ação? Qual é a sua reação ao ver um drogado? É de repulsa ou é um sentimento de amor e entenercimento?

Nós somos cristãos, jamais podemos perder a capacidade de nos movermos por amor ao próximo, de nos colocarmos no lugar dele e sentirmos as dores que eles sentem. Por isso, o meu apelo de hoje é para que você escolha alguém e tome a decisão de colocar-se no lugar daquela pessoa. Estando no lugar dela, reflita sobre o seguinte: o que eu gostaria que alguém fizesse por mim? Responda a essa pergunta e se mova em amor.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário