Bíblia aberta com caneta

José, um homem que não agia por impulso

“Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo.” (Mateus 1:20)

José não era um homem impetuoso, além de ser uma pessoa bondosa, não agia por impulso. Muitos de nós, ao sabermos que nossa esposa, com a qual não tínhamos relacionamento sexual, está grávida, não pensaríamos muito antes de agir.

Mas José era diferente. Parou, refletiu sobre o assunto, deu tempo para tentar entender o que estava acontecendo e para ouvir a Deus.

Então, quando o anjo lhe aparece em sonho, ele se acalma e entende a situação. Além de não agir por impulso, ele se permitia ouvir a Deus e receber suas instruções.

Quantos de nós, diante de uma situação difícil, não tentamos agir na hora, resolver o problema da nossa maneira e tomar uma decisão? O mundo aplaude aqueles que têm a capacidade de tomarem decisões muito rapidamente. Será que essa é a melhor maneira de resolver tudo?

Que nós possamos aprender com José a sermos mansos e ouvirmos a Deus antes de tomar decisões importantes.

Paz.

2 comentários em “José, um homem que não agia por impulso”

Deixe um comentário