Discípulos permanecem

“Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido. Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele.” (João 6:64-66)

Uma característica que marca um discípulo, é que ele permanece. Um discípulo enfrenta as dificuldades e os momentos ruins sem deixar que isso abale o seu relacionamento com o mestre. Quando Jesus disse algumas coisas que foram consideradas mais pesadas por alguns dos discípulos, muitos voltaram atrás e decidiram que não andariam mais com ele.

Note que que estes mesmos discípulos que abandonaram Jesus já haviam vivido coisas incríveis com o mestre, mas se deixaram abater por algumas verdades e decidiram abandonar tudo.

Os verdadeiros discípulos são aqueles que não se deixam abalar tão profundamente quando são contrariados, quando as coisas que ouvem ou acontecem não são como eles esperavam.

Veja o caso de Pedro, por exemplo:

“Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia. E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso. Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens. Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;” (Mateus 16:21-24)

Ao tentar proteger Jesus, algo que ele provavelmente cria ser bom, ele é repreendido publicamente pelo mestre e ouve algo extremamente duro. Cristo foi verdadeiro naquilo que falou, isso não faz com que a mensagem tenha sido menos dura. Pedro, mesmo diante dessa situação, não se deixa abalar e permanece seguindo o seu mestre.

Esta é a atitude de um verdadeiro discípulo.

Qual tem sido a sua atitude? Deixe seu comentário, vamos conversar sobre isso!

Paz.

Deixe um comentário