Bíblia com a página sendo virada - Profecias sobre Cristo na Bíblia

O principal ensinamento de Provérbios 2

A pedido de algumas pessoas estou estudando com mais calma o livro de Provérbios. Já falei sobre o capítulo 1 aqui nesse vídeo, e hoje quero falar um pouco sobre o que eu considero ser o principal ensinamento de Provérbios 2.

Esse texto começa com uma alerta sobre a importância do que será falado. Salomão faz um apelo para que a pessoa que estiver lendo praticasse aquilo. São 5 versos falando sobre isso.

Nestes versos ele nos mostra que devemos buscar a sabedoria como buscamos a prata e o ouro, ou seja, está nos falando sobre a prioridade que devemos dar para isso em nossas vidas. Além disso, volta a nos lembrar, como o fez no primeiro capítulo, que a sabedoria é temer ao SENHOR.

No verso 6 ele nos mostra que a fonte de sabedoria é também o SENHOR. Ou seja, aqui temos uma ligação importante: a sabedoria é temer o SENHOR e Ele é a fonte dessa sabedoria.

Depois, no verso 7 ele nos mostra que o mesmo SENHOR reserva a sabedoria para os retos e no verso 8 que é ainda o SENHOR quem preserva o caminho dos santos. Ou seja, juntando tudo o que vimos:

  1. A verdadeira sabedoria é temer ao SENHOR
  2. É o SENHOR quem nos dá a sabedoria
  3. Que Ele reserva apenas aos retos
  4. E é Ele mesmo quem nos preserva num caminho de retidão

Você consegue perceber como tudo aponta para o SENHOR? Que está nele e nada em nós mesmos? Ele é o objetivo, Ele é a fonte e o caminho.

Ainda mais impressionante é o verso 9, onde lemos:

“Então entenderás a justiça, o juízo, a eqüidade e todas as boas veredas.”

Provérbios 2:9

Para entender a justiça, o juízo e as boas veredas, precisamos do SENHOR, através do SENHOR e sustentados por Ele.

Quando percebi isso me veio a pergunta: qual é a mensagem que ouvimos na Palavra sobre o que é a justiça, o juízo e sobre boas obras? Cristo.

De maneira talvez profética, Salomão está nos ensinando que só vamos entender a ação de Cristo se entendermos como obtemos sabedoria: nada é na nossa força, nada é por nossa capacidade ou vem de nós. O que Cristo fez por nós não foi na nossa força, não foi por conta de nossas boas obras ou por nosso merecimento. Ele fez por amor.

Entender o que Salomão está falando sobre a sabedoria, nos ajuda a entender a obra de Cristo da na cruz onde o juízo de Deus encontra a justificação que a morte de Cristo nos trouxe. Então, com fé nisso, somos levados às boas obras.

E o que compete a nós então? Segundo esse provérbio, podemos resumir no seguinte: clamar pela sabedoria, que é conhecer ao SENHOR (vs 3) e ter isso como prioridade em nossas vidas (vs 4).

Paz.

0 comentário em “O principal ensinamento de Provérbios 2”

Deixe um comentário