Discípulos formam discípulos

Uma característica que marca a vida de um discípulo de Cristo é que eles são enviados para formar outros discípulos. Vemos isso de maneira muito clara na conhecida passagem que chamamos de “ide”:

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mateus 28:19,20)

Fazer discípulos foi um chamado de Cristo para aquelas 11 pessoas que estavam com ele nesse momento e, do meu ponto de vista, para todos aqueles que querem ser discípulos de Jesus.

Um exemplo disso é a vida de Paulo, que não ouviu aquele chamado de Cristo mas teve a mesma prática:

“E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, e Icônio e Antioquia,” (Atos 14:21)

Note que no texto, essa passagem está o plural, dizendo “voltaram para Listra”, ou seja, não era apenas Paulo fazendo outros discípulos, mas sim Paulo, Barnabé e outros que estavam com eles. Isso nos mostra que esse chamado, de fazer discípulos, é válido tanto para os que foram chamados para apóstolos quanto para os outros discípulos.

Se somos discípulos, fazemos discípulos. Você tem feito isso?

Deixe um comentário