Versículo

As duas necessidades da igreja na atualidade

Cruz e coração
André
Escrito por André

“Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Israel e por quatro, não sustarei o castigo, porque os juízes vendem o justo por dinheiro e condenam o necessitado por causa de um par de sandálias.” (Amós 2:6)

Estava vendo agora a notícia de três crianças que foram abandonadas no dia mais frio do mês. Sozinhas, sem comida ou roupas adequadas, foram resgatadas após não sei quanto tempo. Um bebê de três meses e duas de quatros anos, uma delas com síndrome de down.

O amor é cada vez mais raro.

Conversava estes dias atrás com um conhecido que afirma categoricamente, e eu não duvido, que se tivesse que escolher entre atropelar um cachorro ou uma criança, ele atropelaria a criança. As pessoas fazem aniversários para cachorros, gastando quantias consideráveis, mas deixam o pobre ao relento.

Os valores se inverteram totalmente.

Semana passada eu ouvi uma música da qual me envergonhei sobremaneira. Tive que parar rapidamente, pois não conseguia acreditar que seria possível alguém cantar aquilo com a aceitação de alguma gravadora.

O pecado e a imoralidade não são apenas aceitos, são valorizados.

Deus teria todos os motivos para destruir a humanidade. Nossos pecados e transgressões são tantos e tão desenfreados que qualquer tipo de juízo deveria ser considerado justo até pela mais correta das pessoas.

Mas Deus fez exatamente o contrário. Fez com que todo o julgamento fosse colocado sobre apenas um homem. Justamente sobre aquele que não merecia, sobre aquele que nunca pecou.

Mesmo assim não entendemos. Mesmo assim continuamos levando nossas vidas como se nada tivesse mudado. O maior evento da história, a morte de um justo, o sangue derramado em reemissão por todos os nossos pecados, nem isso foi suficiente.

Tudo isso só exalta  duas necessidades:

  1. Cristãos precisam, cada vez mais, ter vidas transformadas. Precisamos nos voltar para as verdades de Deus e vivê-las. A religião vazia não pode mais ser aceita dentro de cada um de nós.
  2. Devemos levar o reino para este mundo perdido. Não podemos aceitar a situação como está. Não se trata de serviço interno da igreja, de coisas: trata-se de alcançar pessoas, trata-se de ir para o mundo e mostrar que existe um outro caminho, muito melhor e totalmente diferente.

Que nós possamos ser as pessoas que atenderão estas necessidades.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário

Quer saber antes de todo mundo o que acontece no JC na Veia?
Assine nossa newsletter
Essa é uma lista exclusiva, poucas pessoas permanecem nela e oferecemos o melhor para nossos assinantes, conteúdo exclusivo e novidades em primeira mão.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
close-link