Homem com as mãos no rosto

Ali haverá pranto e ranger de dentes

“E os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.” (Mateus 8:12)

Falando mais especificamente sobre os israelitas, ao ver a fé do centurião, Jesus profere essas palavras. Neste momento ele alertava a todos que a salvação e o Reino não eram exclusivos de uma nação, mas de todos que se achegassem a Ele.

A reflexão que faço é: se nem mesmo a nação escolhida por Deus tem lugar garantido, que diremos de nós? Essa reflexão deveria nos encher de temor e nos levar correndo aos pés de Cristo, batendo desesperadamente na porta estreita, clamando pela Sua misericórdia, para que o Rei dos reis nos aceite em seu reino.

Todavia me parece cada vez mais que estamos insensíveis à urgência do chamado ao arrependimento. Fico atônito ao ver a indiferença que reside na maioria de nós, como se, por frequentarmos uma igreja, tivéssemos nosso lugar garantido ao lado do Pai. Não temos.

Se não for uma vida de busca constante, rendição total e pleno entendimento de qual é o nosso lugar, certamente ouviremos: “Não vos conheço”.

Paz?

Deixe um comentário