Bíblia e caneca, em frente ao lago

A multidão é desconectada do que importa

Olhando para as diversas atitudes da multidão, algo que também me chama a atenção é como esse grupo de pessoas está desconectado do que é mais importante.

Vemos isso acontecendo no capítulo 12 do livro de Lucas. Lá Jesus está dando ensinamentos importantes para seus discípulos sobre o fermento dos fariseus quando, totalmente fora de contexto, uma pessoa da multidão pede a atenção de Cristo:

“E disse-lhe um da multidão: Mestre, dize a meu irmão que reparta comigo a herança. Mas ele lhe disse: Homem, quem me pôs a mim por juiz ou repartidor entre vós? E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.” Lucas 12:13-15

Como vemos do texto, Jesus responde ao homem de uma forma direta e passa a ensinar sobre a avareza. O texto continua com a parábola do homem insensato e segue com uma explicação mais detalhada da mesma, desta vez apenas para os discípulos.

Antes da súbita interrupção, Jesus estava falando com seus discípulos e, totalmente desconectado do momento, aquele homem interrompe Jesus para falar de um problema pessoal. Podemos ver aqui duas atitudes da multidão: desconexão com o que é principal e olhar focado em seus problemas pessoais.

Discípulos não perdem o que é principal e olham primeiramente para a necessidade do próximo. A multidão faz o contrário.

Refletindo sobre suas atitudes, o que você têm feito?

Paz.

Deixe um comentário