Você conhece Gabriel Iglesias?

Gabriel Iglesias tocando violão e gaita

[mks_dropcap style=”rounded” size=”52″ bg_color=”#dd3333″ txt_color=”#ffffff”]G[/mks_dropcap]abriel Iglesias é um músico cristão que vem de uma família de músicos famosos na Igreja Adventista. Ele é formado em música e tem mestrado também na área. É um músico de um talento exímio e que é para ser apreciado por poucos.

Em sua discografia, até o momento, temos apenas o álbum “Pedra em Carne”, lançado em 2016, com 12 músicas. Foram 2 anos e meio na produção do álbum após a definição do repertório. O título faz uma referência ao seguinte verso:

“Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.” (Jeremias 31:33)

A ideia do álbum foi a de passar pelos três elementos: a aliança, a lei e a carne. Realmente algo muito bem pensado. Para este álbum ele compôs todas as músicas, fez todos os arranjos e gravou quase 100% dos instrumentos em casa, ele mesmo. É um trabalho para poucos.

Se quiser conhecer mais sobre ele, acesse os links abaixo:

  • Facebook: novidades sobre eventos e algumas coisas mais pessoais;
  • Twitter: muita coisa parecida com o facebook e o instagram. Não vale a pena;
  • Instagram: fotos e comentários interessantes;
  • Spotify: ouça o álbum Pedra em Carne, de graça;

E aí, gostou do trabalho dele? Então compartilhe esse post em suas redes sociais.

Paz.

Você conhece Fábio Sampaio?

Fábio Sampaio

[mks_dropcap style=”rounded” size=”52″ bg_color=”#dd3333″ txt_color=”#ffffff”]F[/mks_dropcap]ábio Sampaio é um cantor, compositor, produtor musical, multi-instrumentista e arranjador pernambucano nascido em Olinda. Mais conhecido por ser vocalista da banda Tanlan, ele também tem um trabalho solo muito interessante.

Em 2016 lançou o EP “Feito à Mão”, com três músicas próprias e a regravação de “Não tenhas sobre ti”, um clássico da música cristã. Nesse EP, segundo ele mesmo, foram escolhidas canções que não encontravam espaço no repertório e estilo da Tanlan.

Ainda no final de 2016 lançou o single “Castelo Forte”, em comemoração aos 499 anos da reforma protestante, composta em 1529 por Martinho Lutero. A ideia do single é a criação, em 2017, de um segundo EP com regravações de músicas clássicas, como “Primeiro Amor” e “Amigo de Deus”.

Seu principal canal de comunicação com os ouvintes é o Youtube, onde tem vários vídeos da série lembranças, clipes e mais. Seu perfil no facebook também é uma boa fonte de informações. Ele pode ser ouvido no Spotify, onde você também pode encontrar a Tanlan.

E aí, curtiu o trabalho solo dele? Então compartilhe esse post e comente com outros artistas que poderíamos apresentar nessa coluna!

Paz.

Você conhece Estêvão Queiroga?

Estevão Queiroga

Temos pouquíssimas palavras no vocábulo português para descrever a música “A partida e o norte”, de Estêvão Queiroga. Apenas ela já valeria o post.

Mas deixe-me começar apresentando Estêvão Queiroga para os poucos infelizes que não o conhecem. Nascido em João Pessoa, no ano de 1984, mudou-se para Manaus ainda pequeno. Lá iniciou o curso de jornalismo na Universidade Federal do Amazonas. É casado com a Paula e tem dois filhos.

Além de jornalista ele é  cantor, compositor, produtor musical, multi-instrumentista, arranjador e publicitário. Se isso for pouco para qualificá-lo, vale a menção de que ele ganhou alguns prêmios como publicitário: London International Advertising Awards, FIAP, El Ojo, Webby Awards, Effie, CCSP, Wave Festival, Yahoo! Big Idea Chair são alguns deles.

Como músico cristão tem o disco “Diálogo número um” lançado pelo LG7 – selo de Leonardo Gonçalves – e distribuído pela Sony Music. Admirado por muitos, recebeu elogios diversos com este álbum, por exemplo, se você procurar, verá que nos comentários do vídeo acima, um dos primeiros é o do Victor Pradella, que diz o seguinte quando solicitado para fazer uma regravação:

Qualquer coisa que eu fizer não vai chegar aos pés, melhor deixar pra lá e ficar só curtindo”

Para saber mais sobre o álbum, veja o vídeo abaixo, onde ele fala sobre algumas faixas:

Sua música é poética e diversificada, indo do jazz ao pop, passando pelo Soul e por algo mais intimista com uma liberdade invejável. Sobre suas letras, em entrevista ao adventistas.org, ele diz o seguinte:

Costumo dizer que sempre canto sobre a minha vida porque só vivi a minha vida até hoje. Quem tá do outro lado ouve e acaba enxergando a sua vida ali também.

Recentemente teve a oportunidade de gravar um disco com canções inéditas de Adoniran Barbosa, haters gonna hate e músicos irão admirar.

Por favor, conheça mais sobre ele através dos links:

  • Facebook: Muita coisa legal, bem além de eventos e propaganda. A live com o LG é fenomenal;
  • Instagram: Interessante, mas faltam fotos mais pessoais;
  • Spotify: O álbum “Diálogo número um” para ouvir de graça.

E aí, já conhecia? Compartilha aí com tudo mundo!

Paz.

Você conhece Preto no Branco?

Preto no Branco

Preto no Branco é um projeto musical composto por grandes artistas da música cristã brasileira. Clovis Pinho, Weslei Santos, Luan Murilho e Jean Michel são os integrantes desse projeto.

Além deles, já no primeiro álbum, “Preto no Branco ao vivo”, contam com as participações de: Salomão do Reggae, Juninho Black, Pedro Vuks, Lukão Carvalho, Ian Alone, Israel Salazar e Eli Soares. Eles variam o estilo musical ao longo do disco, passando por variantes do rock, música romântica e um pouco de black music.

O diretor do projeto é Alex Passos, que além de ter a Balaio Music já trabalhou com tv aberta, tv fechada, rádio AM, FM e programação cristã para televisão. Se parece pouco, o cara é um diretor premiado e também trabalha com edição.

Una todos esses nomes num projeto musical e dificilmente você irá fracassar.

As letras das músicas são essencialmente cristãs, falam sobre vida com Deus, Sua glória e algumas passagens bíblicas. Certamente é um grupo que vale muito a pena conhecer.

Quer conhecer mais sobre eles? Então clica aí nesses links:

Paz.

Você conhece Alexandre Magnani

Alexandre Magnani

Alexandre Magnani Lima é um cantor, compositor, guitarrista e produtor paulista. Nascido em 1985 iniciou sua jornada musical muito cedo, incentivado pelo seu pai.

Além disso é bacharel em música sacra, foi ministro de louvor e artes por 5 anos na Igreja Batista em Perdizes. Lá ele começou a compor algumas músicas. É casado e pai de um menino.

Seu primeiro álbum se chama “Não mais eu” e tem diversas participações especiais, como: PC Baruk, Duca Tambasco, Celso Machado e Rogério Serralheiro.

Seu segundo álbum, “Janela”, foi lançado em 2016 – três anos após o lançamento de “Não mais eu”. Este conta com músicas leves, poéticas e um pouco mais carregado na guitarra, instrumento de preferência do cantor.

Para saber mais sobre ele, clique nos links abaixo:

  • Site oficial: O site dele é bem completo, com biografia, vídeos, fotos e mais;
  • Facebook: Apenas atualizações da sua vida musical;
  • Instagram: Fotinhos dos shows e da família;
  • Twitter: Atualizações rápidas sobre sua vida musical;
  • Youtube: Clipes e bastidores;
  • Spotify: Como sempre, para ouvir de graça.

Você já conhecia o trabalho dele? Gostou?

Não esquece de comentar e compartilhar.

Ahh, e se você, assim como eu acha que já tinha ouvido uma música “muito parecida” com a do vídeo acima, lembre-se do nosso amigo Rod Stewart.

Paz.

Você conhece Deise Jacinto?

Deise Jacinto

Deise Jacinto, cantora e compositora de Jacareí – SP, tem um talento incrível para transformar fé em poesia, poesia em música e música em algo agradável de se ouvir o tempo todo. Ganhou meus ouvidos na primeira música que ouvi.

Quem me indicou o seu trabalho foi a nossa amiga Eliane Gomes, que está devendo alguns posts para nós.

Ela não é a cantora padrão, christian sexy*, com canções vibrantes e que vão fazer os jovens pular. Glória a Deus por isso. Fico feliz que ela se pareça mais com uma pessoa normal, que faz músicas incríveis.

O álbum “Final Feliz” foi lançado em 2015, de maneira independente. Foi o suficiente para chamar a atenção da Sony Music, com quem ela tem contrato assinado atualmente.

Cá entre nós, eu que já fui contra estas grandes gravadoras, fico feliz dela ter um contrato assinado. De certa forma isso nos garante que ela vai presentear o mundo com suas músicas em mais uns dois álbuns, pelo menos.

Além do álbum lançado, ela também compôs músicas que foram gravadas por outros artistas.

Entre os destaques estão as músicas “Inventor do Tempo” e “Me Leva”, ambas com letras interessantes e arranjos pra lá de agradáveis.

Se quiser conhecer mais sobre Deise Jacinto, acesse os seguintes links:

  • Site: O site dela é simples, apresenta o suficiente;
  • Facebook: Eventos e coisas sobre sua carreira musical;
  • Instagram: É de onde vem as fotos que ela posta no facebook;
  • Twitter: Parece ser um pouquinho mais pessoal, mas bem pouquinho;
  • Spotify: O álbum “Final Feliz” para ouvir gratuitamente.

Paz.

*Não conhecia o termo “christian sexy“, sabe de nada inocente…

Você conhece Salomão do reggae?

Salomão do reggae

Salomão do Reggae é um cantor e compositor cristão brasileiro de Cabo Frio no Rio de Janeiro.

Mas nem sempre ele teve este estilo de cantar e se vestir. Pouco tempo antes de entrar nesta onda do reggae ele vestia terno, gravata e sapato social. Cantava Soul e tinha uma pegada completamente diferente em suas músicas.

Como sua biografia diz:

Mas foi numa noite de pouco sono e saudades de contemplar o nascer do sol em sua casa, na cidade de Cabo Frio/RJ, que Salomão pegou uma bicicletinha e seu violão e partiu a procurar o melhor lugar para esperar o sol nascer e conversar com Deus.

Ali ele teve um encontro com Deus e percebeu que sua adoração deveria ser feita através do reggae. É através deste estilo que ele canta verdades:

“Pois o Senhor cuida de ti enquanto dormes, Ele é o pão da vida e todas as coisas Ele acrescentará a todo aquele que O buscar” – Hoje eu quero paz

E também poesias:

“Fruto do amor que é você,que faz o amor acontecer por outro alguém que te ama” – O amor é diferente

Eu me identifico muito com suas músicas, não são as que falam mais diretamente sobre Deus, mas são boas. Eu recomendo para momentos mais descontraídos.

Atualmente ele tem apenas um álbum lançado e algumas participações. No momento ele se dedica a fazer alguns shows por aí e falar sobre Jesus. Acredito que em breve teremos mais novidades e lançamentos.

Se quiser conhecer mais sobre Salomão do reggae, acesse os seguintes links:

  • Site: O site dele é muito bonito e com informações bem relevantes;
  • Youtube: Muitos vídeos bons de suas músicas;
  • Instagram: Fotos sobre shows e eventos;
  • Twitter: Shows, eventos e Sony Music;
  • Facebook: Mais shows, mais eventos…;
  • Spotify: Seus dois álbuns completos.

E aí, já curtia Salomão do Reggae?

Paz.

Você conhece a banda Khorus?

Banda Khorus

A banda Khorus é uma banda cristã de muitos anos de estrada que muitos devem conhecer. Os caras começaram como uma boy band no início dos anos 2000 com o álbum “Igual não há”. Após algumas mudanças na formação original eles foram se tornando uma banda de pop/rock com letras de adoração. É muito interessante acompanhar esta evolução e ver o quanto eles cresceram.

Hoje eles tem contrato com a Sony Music e estão com nove cds lançados, sendo o último o “O que a fé pode fazer”. A formação atual é a seguinte:

  • Toninho Rondow: vocal (o único que permanece da formação original)
  • Tiago Leal: guitarra
  • Heryckson: bateria

O clipe acima é muito legal e leva o mesmo título do último álbum, que tem 13 versões em português de músicas de cantores estrangeiros e 2 músicas inéditas. Além disso este clipe traz de volta Celinho Bastos, um dos vocalistas originais da banda, o que eu achei bem legal.

Se você quiser conhecer o primeiro álbum da banda e ver como eles realmente eram uma boy band, se liga nessa playlist do youtube.

Quer um pouco mais de banda Khorus?

  • Site – Apesar de ter links não terminados, tem a biografia, fotos e álbuns lançados;
  • Youtube – Alguns clipes e vídeos da banda;
  • Twitter – Todo dia tem uma postagem. As bandas ainda usam o twitter;
  • Facebook – Notas sobre os eventos e outras postagens;
  • Spotify – 3 álbuns para ouvir, incluindo o último;
  • iTunes – Os mesmos álbuns do Spotify, só que pagos;
  • Play Store – Está meio bagunçado lá, não vale a pena;

Valeu e até a próxima.