Música

Você conhece Clovis Pinho

Violão, teclado, bateria, baixo, gaita e voz. Parece uma banda legal, mas não é. Essa é apenas a lista de instrumentos que Clovis Pinho aprendeu a tocar sem a ajuda de ninguém.

Nascido na ilha de Itaparica na Bahia, ele tem um currículo musical invejável. Já participou de gravações com Exaltasamba, Carlinhos Brown, Rappin Hood, Rodriguinho, Renascer Praise, Kléber Lucas, X-Barão e muitos outros.

Tem sua carreira solo e também com o grupo Preto no Branco. Ambos os trabalhos são muito bons.

Além disso é um grande compositor. Suas músicas já foram cantadas por intérpretes cristãos, seculares e também por aquela galera que fica no meio termo (se é que isso é possível).

Em 2009 lançou o CD “Minha Vida”, de maneira independente. Com o grupo Preto no Branco fez o lançamento do álbum “Preto no Branco (ao vivo)”, no ano de 2015. Em 2016 lançou “Ninguém explica Deus”, disponível no Spotify.

Em suas músicas ele fala claramente e de maneira poética sobre Deus, seu infinito e amor e graça. Na minha opinião o destaque fica com “Ninguém explica Deus”, do álbum homônimo. Outro destaque é a música “Os sonhos de Deus”, com o grupo “Preto no Branco”.

No facebook, sua rede social com maior atividade, ele coloca muitas coisas legais, desde postagens mais pessoais, reflexões e também sobre sua carreira musical. No twitter temos um pouco mais antigas, mas você também pode segui-lo lá. No instagram ele se clica de vários ângulos e com diversas pessoas.

E aí, já conhecia o trabalho do Clovis Pinho? Então curte e compartilha esse post com quem puder.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário