Ministração

Pecado, Fé e Obras

Biblia entre flores
André
Escrito por André

Texto base: “Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só… Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.” (Romanos 3:10-12,22-24)

Mensagem principal: Tenha fé, pratique as obras

Para você refletir

A carta de Paulo aos Romanos é, em minha opinião, um dos livros mais ricos da Palavra. No capítulo três aprendemos algumas coisas que são extremamente importantes.

A primeira dela é que “não há um justo … todos pecaram”. Isso mesmo, mesmo nós, cristãos, que damos o nosso melhor para seguir os ensinamentos de Cristo, não somos justos. Se você pensar na pessoa mais correta que você já conheceu, essa pessoa não era uma pessoa justa diante de Deus.

O fato de que todos nós já pecamos alguma vez (provavelmente muito mais vezes do que nos lembramos) faz de nós pecadores, pessoas que não são justas.

Isso nos leva à conclusão de que fomos “destituídos da glória de Deus”, ou seja, estamos distantes, precisamos, carecemos da glória de Deus.

Isso acontece pois Deus não compactua com o pecado e não pode ter parte com os pecadores. Se ele assim o fizesse, não seria um Deus Santo, mas um deus que negocia padrões. Para manter a Sua Santidade, é necessário que Ele não tenha relação alguma com o pecado.

Porém, por amor de nós, Deus criou um caminho para a “justiça de Deus”. Este caminho é “pela fé em Jesus Cristo”. Somente crendo que Jesus morreu pelos nossos pecados, ressuscitou ao terceiro dia e vive para sempre é que podemos ser justificados de nossos pecados.

A conclusão que temos aqui é que nada do que façamos é bom, nossas obras não são boas, não podem nos salvar, não podem pagar o preço de nossos pecados e de nossos erros.

Por isso então estamos livres de buscarmos fazer as coisas corretamente, de praticarmos boas obras? Não, pelo contrário, essa fé em Jesus deve nos levar às boas obras. Tiago nos explica isso:

“Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.” (Tiago 2:17,18)

É como um ciclo: nossas obras são mortas, contaminadas pelo nosso pecado -> so a fé em Jesus nos livra desse pecado -> a fé nos leva às boas obras -> nossas obras são mortas, contaminadas pelo nosso pecado -> so a fé em Jesus nos livra desse pecado -> a fé nos leva às boas obras -> e assim por diante.

Por isso devemos nos lembrar sempre que não somos nada, precisamos crer na salvação que há em Cristo e praticar as obras que Ele nos chama para fazer. Você tem entendido que é um pecador, ou se acha santo e superior? Têm praticado a fé e buscado as obras?

Tópicos para abordar

  1. Texto base
  2. Somos pecadores
  3. Deus é santo
  4. Precisamos ter fé
  5. A fé nos leva às obras
  6. O ciclo
  7. Apelo

Perguntas para compartilhar

  • Quais as consequências de dizermos que todos nós somos pecadores?
  • Como você avalia a sua fé em Cristo?
  • Sua obras têm revelado a Cristo?

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário