Mensagem

Será que a maquiagem realmente embeleza?

Pincel de maquiagem no pote
André
Escrito por André
Minha esposa está aprendendo cada dia mais como se maquiar e como maquiar outras pessoas. Ela está fazendo um curso para ficar cada vez melhor nisso e ela está conseguindo.

A maquiagem é algo muito interessante, ela deixa as mulheres com uma beleza inconfundível. Porém, quando a noite acaba, elas param em frente ao espelho e começam a retirar todos aqueles produtos de seu rosto.

Conforme vão se limpando, voltam a aparecer algumas “imperfeições”, algumas espinhas, olheiras, talvez algumas rugas. A oleosidade da pele fica evidente e manchas se destacam.

Toda essa normalidade estava escondida debaixo de diversos produtos de “embelezamento”. Eu não acredito que as mulheres precisem muito disso, não vejo nenhuma falha nos sinais naturais do tempo, mas isso é outro assunto.

Após retirar toda a maquiagem e lavar bem o rosto, elas conseguem se ver como realmente são.

É exatamente igual com nossa vida como cristãos. Quando olhamos para nós mesmos podemos nos ver como pessoas que já superaram seus pecados, que estão bem resolvidas. Esta é a nossa versão com maquiagem.

Podemos também encarar este espelho espiritual e nos vermos cheios de falhas, cercados de vícios que amamos, medos, invejas e muitos outros pecados dos quais ainda não nos livramos.

Por experiência, posso dizer que a primeira maneira de se ver não vai te levar para mais perto de Deus, enquanto que a segunda, embora mais difícil de encarar, certamente lhe aproxima do Pai, se vier unida de um coração quebrantado.

Lembre-se de Davi que, apesar de ser um homem exemplar, ainda tinha alguns pecado, parte deles bem sombrios e difíceis de admitir.

“Pois já se elevam acima de minha cabeça as minhas iniqüidades; como fardos pesados, excedem as minhas forças.” (Salmos 38:4)

Apesar de poder se olhar como um rei justo, um homem bom, uma pessoa exemplar, ele preferiu se enxergar como o pecador convicto, que precisava desesperadamente de Deus.

Que este seja o nosso coração. Que esta seja a maneira como nos enxergamos e como nos posicionamos diante de Deus: com total sinceridade.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

4 Comentários

Deixe um comentário