Estudo do Evangelho de João 21

Chegamos ao final de mais um livro! Desta vez finalizamos o livro de João! Caso ainda não saiba, nós também já temos outros estudos bíblicos completos: dos livros de Provérbios e de Eclesiastes.

Este capítulo marca as últimas palavras do apóstolo João para nós neste evangelho. Veremos os seguintes eventos acontecendo neste capítulo:

  • Jesus se manifesta aos discípulos pela terceira vez (1 a 14)
  • Jesus questiona Pedro (15 a 17)
  • A conversa de Pedro com Jesus (18 a 23)
  • Palavras finais (24 e 25)

Ao final do post, deixo um desafio para você.

Quem reconhece Jesus

“Então aquele discípulo, a quem Jesus amava, disse a Pedro: É o Senhor. E, quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica e lançou-se ao mar.”

João 21:7

Note que neste último capítulo vemos que quem reconhece Jesus é o apóstolo João. Com isso fico me perguntando o que é que ele tinha de tão especial?

Vamos nos lembrar de algumas passagens:

  • Em João 13, ele estava reclinado ao peito de Jesus
  • Em João 18, ele entrou com Jesus no sinédrio
  • Em João 19, ele estava presente na crucificação
  • Em João 20, ele é quem primeiro chega ao sepulcro

Note que estas não são todas as passagens onde João se mostra diferenciado, apenas algumas delas. Refletindo sobre este papel especial de João, chego à conclusão de que ele reconheceu Jesus por um motivo muito simples: ele estava sempre perto, ele conhecia Jesus de maneira mais próxima.

Ele fez uma escolha, ao longo do seu tempo com Jesus que fez toda a diferença: estar sempre o mais próximo possível. Não era apenas estar por perto e ouvir os ensinamentos. Era estar onde Jesus estava, todo o tempo que fosse possível, absorver o máximo possível.

Isso me lembra dessa passagem:

“E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz.”

João 10:4

João era um exemplo destas ovelhas: ele conhecia a voz de Jesus.

Muitas vezes nós reclamamos de não ouvir a Deus, de não estarmos sensíveis à sua voz. Seguindo o exemplo de João me pergunto: será que estamos fazendo de tudo para estarmos próximos ao Pai? Ou será que estamos nos distraindo, focando em outras coisas?

João conhecia a voz de Jesus pois escolheu estar próximo. Ele esteve próximo quando estava tudo bem e quando tudo parecia perdido. Ele não desistiu.

Se queremos reconhecer a voz do pastor, precisamos saber distingui-la no meio de tantas outras vozes. Para isso é necessário estamos próximos sempre que possível.

Pedro, tu me amas?

“depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.” João 21:15-17

Esta passagem é muito interessante pois vemos várias interpretações sobre ela. Algumas pessoas olham para o fato de Jesus ter perguntado 3 vezes e Pedro tê-lo negado o mesmo número de vezes. Outras pessoas analisam mais o fato de Pedro ter ficado triste ou o pedido de Jesus para que Pedro fosse perseverante em apascentar as ovelhas. Eu quero olhar por um outro prisma.

Jesus faz três perguntas para Pedro:

  • Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes?
  • Simão, filho de Jonas, amas-me?
  • Simão, filho de Jonas, amas-me?

Pedro responde das seguintes formas:

  • Sim, Senhor, tu sabes que te amo
  • Sim, Senhor, tu sabes que te amo
  • Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo

Para compreender as perguntas Jesus e as respostas de Pedro, precisamos nos lembrar que, no grego, temos algumas palavras diferentes para o que traduzimos por amor. Vamos nos lembrar de duas delas:

  • Ágape: amar incondicional, como o de Deus pelos homens, o amor que não busca o próprio interesse
  • Phileo: amor demonstrado pelos amigos e parentes, gostar, ter afeição

A conversa de Jesus com Pedro se segue mais ou menos dessa forma:

  • Jesus: Simãom, filho de Jonas, ágape mais do que estes?
  • Pedro: Sim, Senhor, tu sabes que te phileo
  • Jesus: Simão, filho de Jonas, ágape-me?
  • Pedro: Sim, Senhor, tu sabes que te phileo
  • Jesus: Simão, filho de Jonas, phileo-me?
  • Pedro: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te phileo

Note como Pedro reluta em dizer para Cristo que ele tem um amor mais intenso e incondicional por Cristo. Ao fim, Jesus muda a pergunta feita para Pedro.

Aqui existem várias especulações sobre o motivo de Pedro ter ficado triste. O fato que temos é que ele relutou em assumir um amor ágape por Cristo.

Para nós, o que fica é: precisamos decidir qual será o amor que teremos por Cristo. Nós seremos aqueles que simpatizam com Ele, que gostam das Suas palavras, mas que não nos comprometemos? Ou nós não teremos limites para o amor que sentimos por Ele? Enfrentaremos tudo e todos por esse amor? Ou abriremos mão desse amor quando as coisas ficarem difíceis?

Palavras finais

Ai final, João diz:

“Este é o discípulo que testifica destas coisas e as escreveu; e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro. Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém.” João 21:24,25

Aqui vemos que João foi uma testemunha ocular de tudo o que relatou, e isso é muito importante para nós, pois é a confirmação de tudo o que está escrito realmente aconteceu.

Além disso, João afirma que Jesus fez muito mais coisas e que, se fosse ser relatado tudo, o mundo não seria suficiente para tantos livros. A reflexão final que fica é: o que Jesus fez por nós? Ele fez tudo e muito mais do que jamais conseguiremos relatar.

Que hoje seja um dia de gratidão por entendermos que Ele fez tudo e que nós conseguimos terminar o estudo de mais um livro da Palavra.

Desafio

O desafio deste capítulo é: comente abaixo qual a passagem do livro de João que mais tocou a sua vida. A regra é: não vale dizer que é João 3:16, escolha alguma outra passagem e comente o motivo dela ser tão importante para você!

E bora para o próximo estudo bíblico.

Deixe um comentário