Estudo de Atos 1

Estamos começando mais um estudo bíblico, desta vez do livro de Atos dos Apóstolos! Se você ainda não viu nossos outros estudos, já fizemos sobre os livros de Provérbios, Eclesiastes e também sobre o Evangelho de João!

Antes de começarmos, vamos falar sobre um pouco do que você precisa saber sobre o livro de Atos dos apóstolos. Apesar de existir alguma discussão sobre o assunto, a maioria dos estudiosos concorda que este livro foi escrito por Lucas e que, na realidade, era um livro só com o evangelho.

Na organização do cânone os dois livros foram separados e este segundo livro foi chamado de “Atos dos apóstolos”. Ao longo do livro perceberemos que este livro não fala sobre o que todos os apóstolos fizeram, mas se concentra basicamente em Pedro e Paulo.

O livro é dividido em duas grandes partes: a primeira é a de missões locais, onde veremos principalmente a atuação dos apóstolos na região de Jerusalém, focando mais em Pedro e em como a mensagem de Cristo chegou aos judeus. Esta parte do livro vai até o final do capítulo 8.

A segunda parte é a de missões estrangeiras, onde o foco se volta para o apóstolo Paulo e suas viagens missionárias. Esta parte vai até o final do livro, com Paulo como prisioneiro em Roma.

O mais importante

Um outro ponto que é importante lembrar é que, tudo o que falarmos aqui no livro de Atos nada mais é do que a minha interpretação sobre o que leio, nada mais que isso. Eu não sou o dono da verdade, então é imprescindível que você leia o capítulo todo, ore, peça direção do Espírito Santo e receba dele a revelação do que é importante para você neste capítulo.

Que Deus abençoe seus estudos no livro de Atos dos Apóstolos!

O que veremos em Atos 1

Neste primeiro capítulo de Atos temos os seguintes eventos relatados:

  • Apresentação do livro (1 a 5)
  • Ascenção de Cristo (6 a 11)
  • A escolha de Matias (12 a 26)

É um capítulo de preparação para tudo o que veremos nos próximos capítulos, com a ação do Espírito Santo e o crescimento da igreja.

Foquem naquilo que importa

“Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel? E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder. Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.” Atos 1:6-9

Estes 4 versículos revelam os últimos segundos de Cristo antes de sua ascenção. O que acontece aqui é que os apóstolos perguntam a Jesus sobre a restauração do Reino. Recebem a simples resposta: “Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder”.

Após essa resposta direta, Jesus reajusta com eles o foco, o que era o mais importante a partir dali: “recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” e então ele ascende aos céus. Ou seja, as últimas palavras de Cristo foram: sejam minhas testemunhas, em todos os lugares.

Note como Cristo diz que algumas coisas não deveriam nos preocupar, os tempos, as estações, coisas que concernem apenas a Deus e seu infinito poder. Tudo o que importava para aquelas pessoas era: sejam minhas testemunhas. Esse era o foco dali em diante, era isso que eles deveriam fazer.

Muitas vezes nós mesmos colocamos o foco em algo errado, ao invés de estarmos atentos ao que o Espírito está fazendo e falando, estamos olhando para as pessoas. Às vezes olhamos para as pessoas ao invés de olhar para Deus. São tanto exemplos que podem ser dados aqui.

A pergunta que importa é: no que você está colocando o seu foco? Onde deveria estar o seu foco?

Uma igreja unida

“E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmào de Tiago. Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos.” Atos 1:13,14

Eu acho muito interessante ler os primeiros capítulos do livro de Atos e perceber como a igreja era unida, como as pessoas estavam juntas com um mesmo propósito.

Perceba como a Palavra nos diz que “todos perseveravam unanimemente em oração e súplicas”. Esta frase nos dá vários indícios da vida na igreja que podemos aplicar para os nossos dias.

“Todos”: ou seja, não se excluía ninguém e ninguém ficava de fora. As pessoas todas estavam ali, unidas. Não exisitiam divisões, o corpo era algo único.

“perseveravam”: o ato de perseverar siginifica algo como “ser constante”, “persistir”, ou seja, as pessoas se esforçavam para continuar ali. Mesmo que os problemas viessem, que as dificuldades aparecessem, elas se esforçavam, davam o seu melhor para estar ali.

“unanimemente”: fala sobre como as opiniões todas eram únicas, todos estavam de acordo, no mesmo sentimento.

“em oração e súplicas”: estas pessoas estavam juntas com o propósito de buscar ao Senhor. Elas não estavam organizando um grande evento, não estavam lutando contra a fofoca, estavam focadas em buscar ao Senhor.

Como veremos nos capítulos que estão por vir, as coisas na igreja primitiva não eram perfeitas. Existiam pessoas mentirosas, problemas de opiniões diferentes e as mesmas dificuldades que encontramos hoje em dia.

A questão é que este texto deve nos ensinar, nos servir como um objetivo para nós como igreja: permanecermos juntos, perseverando quando as dificuldades aparecerem, abrindo mão da nossa opinião para que todos falemos a mesma coisa, focados em buscar ao Senhor em todo o tempo.

Desafio do capítulo

Neste capítulo, meu desafio para você é: comente aqui qual característica da igreja primitiva você quer trabalhar para ter em sua vida.

Notou algo neste capítulo que não falei aqui? Deixe seu comentário!


❗ Você sabia? ❗

Existem formas de você aprender ainda mais sobre a palavra:

25 comentários em “Estudo de Atos 1”

  1. Bom dia!

    Muito bem explicado. Estou engatinhando nos estudos bíblicos e seus comentários muito me ajudaram. Agradecida.

    Responder
    • Muito bom! Deus seja conosco 🙌
      Conseguir aprender através desse estudo que, em relação ao futuro, as nossas dúvidas não devemos nos preocupar, caminhar sempre com o espírito santo e ele nos guiará! Em minha vida, trabalhar em cima da união, juntos, unidos, e buscando a Deus todos juntos.

      Responder
  2. sem dúvidas o que mais me chama a atenção é a unidade da igreja primitiva, isto nos mostra o quão importante é a igreja para nós, devemos nos reunir
    o ato das reuniões entre irmãos, nos fortalecem
    mais e mais

    Responder
    • Amém!!! Bela interpretação Luiza!

      Uma dúvida: você chegou nesse post pelo canal do Youtube, pelo Google ou por algum outro meio?

      Deus abençoe sua vida!

      Responder
  3. Louvo a Deus por este momento de estudo, o que aprendi foi sobre a importância da unidade, oração, testemunho e que às promessas de Deus se cumprem.

    Responder
  4. Me edifiquei com esse estudo, mas sei que preciso ser mais PERSERVERANTE. E vou dar o meu melhor pelo reino de Deus.
    Para fazer a diferencia nesse mundo. ( SISTEMA)

    Responder
  5. Pingback: Estudo do livro de Tiago - Introdução - JC na Veia
  6. Paz, ótima explicação, só está faltando falar da paciência, de esperar no Senhor o momento certo para começar a fazer sua vontade, os discípulos ficaram desesperados em começar a fazer antes q Deus enviasse o Espírito Santo para orientá-los no v.15 fica claro, quando eles escolhem o 12° em sorte

    Responder
    • Olá Kassyane, graça e paz!

      Realmente ainda existe muito a se explorar nesse primeiro capítulo.

      Deus abençoe sua vida!

      Responder
  7. A unidade e perseverança da igreja primitiva me chamam bastante atenção. Devemos a cada dia tomar seus exemplos.

    Responder
  8. A unidade da igreja é imprescindível para combatermos as adversidades e dificuldades que sempre irão surgir. Infelizmente a igreja atual não está sendo preparada para as dificuldades que acontecem. Jesus nos alertou que teremos aflições, mas nos confortou dizendo para termos bom ânimo porque ele venceu o mundo. Em Atos 12, quando Pedro foi preso, a igreja em unidade orava continuamente por ele e aconteceu o sobrenatural. Nós é que temos que avançar contra o inferno e saqueá-lo, não nos conformando com o que se levanta contra nós, nossa família, nossa igreja, no mundo. Não devemos nos conformar com esse sistema que faz de tudo para nos inibir e acostumar com suas ideologias. Autoridade à igreja já foi dada por Deus. Ele espera de nós o obedecer e agir. Só se pode andar em unidade quando há comum acordo. Ser testemunha, perseverar, unidade(um só com o corpo como com Cristo), propósito, foco no que realmente importa, orar sem cessar. Obrigada pelo estudo, me edificou. Deus continue derramando graça e sabedoria.

    Responder
  9. Temos estudado Atos 1 na igreja e sempre busco aprender mais buscando mais interpretações.
    O que me chama muito a atenção é de fato a unidade e perseverança em buscar em unanimidade as coisas do alto. As pessoas estão se esfriando sem ter outras para a levantarem. Vemos a apostasia já em muitos.

    Responder
    • Infelizmente é uma realidade. Eu creio que logo virá um grande avivamento sobre a igreja que permanecer. Na história dos grandes avivamentos vemos que eles vieram na sequência de um período muito difícil. Creio que logo veremos mais um.

      Deus abençoe!

      Responder
  10. Com certeza é a unidade da igreja mas tbm nos chama a atenção pra unidade em família,muitas vezes queremos fugir e não enfrentar,então temos continuar unidos e enfrentar os problemas que nos é colocado na certeza de que o Senhor está conosco nos ajudando a vencer e permanecer unidos para a sua Glória.

    Responder

Deixe um comentário