Estudo de Eclesiastes 10

Estamos caminhando para os capítulos finais do livro de Eclesiastes. Aqui neste final de livro começamos a encaixar os pensamentos do pregador ao longo do livro e identificar a sua mensagem final.

Este capítulo 10 parece-se muito com os capítulos dos Provérbios de Salomão, mais uma vez, na minha opinião, um possível indício da autoria do livro.

Aqui o pregador fala sobre alguns assuntos:

  • Sabedoria e insensatez
  • Submissão e honra
  • Cuidados com a língua

Todos os mesmos assuntos foram tratados de maneira profunda no livro de Provérbios em diversos ensinamentos diferentes.

Contradição ou complemento?

Para este capítulo, o que me chama a atenção não é nenhum destes assuntos do texto, mas a maneira como, mesmo dizendo no primeiro capítulo que a sabedoria é enfado:

“E apliquei o meu coração a conhecer a sabedoria e a conhecer os desvarios e as loucuras, e vim a saber que também isto era aflição de espírito. Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor.”

Eclesiastes 1:17,18

Vemos o pregador dizendo o seguinte no capítulo 8:

“Quem é como o sábio? E quem sabe a interpretação das coisas? A sabedoria do homem faz brilhar o seu rosto, e a dureza do seu rosto se muda.”

Eclesiastes 8:1

E vemos, aqui no capítulo 10, ele aplicando a sabedoria para nos ensinar diversas coisas. Por exemplo, quando ele diz:

“Levantando-se contra ti o espírito do governador, não deixes o teu lugar, porque a submissão é um remédio que aplaca grandes ofensas.”

Eclesiastes 10:4

Esse tipo de ensinamento é a aplicação da sabedoria do pregador. Baseado naquilo que ele viu e aprendeu, ele está nos ensinando a ter mais sabedoria.

Logo, não temos entre os capítulos 1 e 8 uma contradição, mais uma vez, temos textos que se complementam.

O que o pregador está nos ensinando é que não é fácil e nem simples adquirir sabedoria. Você entenderá coisas que vão desagradar à sua carne, por isso ele pode dizer que na muita sabedoria há muito enfado, que quem aumenta em sabedoria, aumenta em dor.

Ao mesmo tempo, ele está, com suas palavras e atitudes, dando a certeza de que adquirir essa sabedoria é o melhor caminho. Do contrário, não teria escrito o que escreveu no capítulo 8 e nem teria trazido tanto sobre sabedoria nestes capítulos finais de Eclesiastes.

Vale lembrar que, no capítulo 12, ele vai escrever o seguinte:

“E, quanto mais sábio foi o pregador, tanto mais ensinou ao povo sabedoria; e atentando, e esquadrinhando, compôs muitos provérbios.”

Eclesiastes 12:9

O que concluo é: adquira sabedoria, só não pense que vai ser agradável, que você só vai aprender coisas que agradam à sua carne e à sua alma. Não pense que será fácil adquirir sabedoria, vai exigir dedicação, esforço e abrir mão de vários conceitos.

Sobre a submissão

Então, após concluir isso sobre a sabedoria vemos o pregador falando sobre submissão no versículo 4 e sobre honra no versículo 20:

“Nem ainda no teu pensamento amaldiçoes ao rei, nem tampouco no mais interior da tua recâmara amaldiçoes ao rico; porque as aves dos céus levariam a voz, e os que têm asas dariam notícia do assunto.”

Eclesiastes 10:20

Certamente estes são dois assuntos que ele deixa clara qual é a opinião dele, mas que dói em muitos de nós até mesmo falar sobre isso.

Alguns de nós fomos tão machucados e estamos tão feridos pelo que algumas pessoas fizeram que não podemos nem pensar em falar sobre honra e submissão às autoridades.

Essas feridas são reais e honestas. Algumas pessoas entenderam, na minha opinião, de maneira errada estes dois assuntos e levaram-nos para extremos que não são saudáveis.

Note que estes assuntos são bem espinhosos nos nossos dias, mas não estou falando aqui sobre estes extremos como a honra desmedida ou a submissão cega. Estou falando sobre a aplicação do conceito bíblico dos dois assuntos.

Só a quantidade de explicações que eu preciso dar para poder citar estes dois assuntos num vídeo, já mostram o quanto adquirir sabedoria vai doer na nossa carne. Honra e submissão são dois assuntos tratados dentro da sabedoria do pregador, na sabedoria de Salomão em Provérbios e ao longo da Palavra. Mesmo assim são assuntos que estão desgastados pois não é fácil aprender sobre isso, matar nossa carne e aplicá-los em nossas vidas.

Porém, a verdade escrita aqui na Palavra é: a submissão aplaca ofensas e a falta de honra traz consequências para nossas vidas.

Qual é o ponto da sabedoria apresentada na Palavra que dói na sua carne? Você está evitando tratar isso na sua vida?

Deixe um comentário