Mensagem

Como controlar nossa língua

André
Escrito por André
Podemos cometer muitos pecados com nossa língua. Já falamos aqui no blog sobre fofocas, mentiras e maledicências. Estes são apenas alguns dos tantos pecados que podemos cometer apenas com a língua.

Sabendo disso, precisamos analisar o que a própria Palavra nos diz sobre como controlar esse órgão e evitarmos esse tipo de pecado. Encontramos a primeira dica no versículo abaixo:

“Até o insensato passará por sábio, se ficar quieto, e, se contiver a língua, parecerá que tem discernimento.” (Provérbios: 17.28)

Um texto similar é encontrado um pouco antes, no mesmo livro:

“Quando são muitas as palavras o pecado está presente, mas quem controla a língua é sensato.” (Provérbios: 10.19)

Quando vejo estas palavras de Salomão, percebo que se eu falar menos, já conseguirei diminuir muito a quantidade de pecados que cometo com a língua.

Temos uma necessidade imensa de sermos ouvidos, de que as pessoas prestem atenção no que falamos e nas nossas ideias. Como sempre, a Palavra de Deus nos coloca em outro caminho: ao invés de falarmos muito, precisamos ouvir mais e conter nossa língua.

Uma outra dica que extraio da Palavra é sobre o que deixamos entrar em nossas vidas:

“Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.” (Mateus 12:34)

Se enchemos nosso coração com coisas más, falaremos coisas más. Se passarmos o dia todo vendo televisão, falaremos sobre o quê? Se passarmos o dia meditando na Palavra e praticando aquilo que aprendemos, sobre o que falaremos?

“A minha língua falará da tua palavra, pois todos os teus mandamentos são justiça.” (Salmos 119:172)

Se nós enchemos da Palavra e falamos sobre ela, também diminuímos a nossa chance de pecar com a língua.

Reflita sobre esses versículos e avalie sua vida: será que você consegue colocar essas dicas em prática a partir de hoje?

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

1 comentário

Deixe um comentário