Versículo

Você está somente saciando sua fome?

Homem ao pôr do sol
Ricardo Cirilo
Escrito por Ricardo Cirilo

“Jesus respondeu: ‘A verdade é que vocês estão me procurando, não porque viram os sinais miraculosos, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos. Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem lhes dará. Deus, o Pai, nele colocou o seu selo de aprovação'” (João 6:26)

Nesta passagem acima, vemos uma situação muito comun nos dias de hoje. No contexto, Jesus tinha acabado de realizar a primeira multiplicação de pães. Um baita de um milagre, se assim podemos dizer, e após esse milagre, Ele e seus discípulos atravessaram o rio. Vendo que Jesus não estava mais onde foi realizada a multiplicação de pães, todos foram atrás dele e, quando o encontraram, essa foi a “recepção” de Jesus.

Primeiro é importante ressaltar que Deus conhece nossos corações.

“Não precisava que ninguém lhe desse testemunho a respeito do homem, pois ele bem sabia o que havia no homem” (João 2:25)

“‎Depois oraram: ‘Senhor, tu conheces o coração de todos. Mostra-nos qual destes dois tens escolhido'” (Atos 1:24)

Sabendo disso, quando as pessoas o encontraram, Ele já sabia que eles estavam ali não por seus sinais e sua glória, mas sim por quererem saciar seus desejos pessoais.

É isso que acontece: muitas vezes buscamos a Jesus por motivações totalmente egoístas, querendo apenas saciar nossa “fome”. O pior é que por muitas vezes nem percebemos que estamos assim.

Acabamos nos tornando mais criteriosos, mais amargurados, mais sensiveis, perdemos a fé em diversas áreas. Por exemplo, se em um culto não tocar o louvor que eu gosto, se a ministração não me agradar, se o meu líder der um conselho que, na minha opinião, é errado.

Precisamos estar atentos às nossas motivações, pois Ele conhece nossos corações, nossos pensamentos e intenções.

Por isso é importante ser sincero com Ele. Caso você perceba que já esteja nesse caminho, diga para Ele, abra-se para Jesus e peça ajuda, pois Ele sempre está disposto a nos dar um novo coração!

Deus abençoe.

Sobre o autor

Ricardo Cirilo

Ricardo Cirilo

Cristão, casado, vinte e poucos anos, apaixonado por futebol e descobrindo os prazeres de escrever.

Deixe um comentário