Versículo

Versículo do dia – Guardar a minha palavra

“Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.” (João 8:51)

Este domingo passei por algo que me deixou muito feliz. Estava em nossa igreja local e, por ser um domingo atípico, a igreja não estava superlotada. Estamos num período onde temos tido cultos todos os dias, então neste final de semana foram à igreja apenas os mais malucos.

Após um tempo de louvor e adoração com música que foi maravilhoso, fomos à palavra. Sobe ao púlpito a esposa de nosso pastor sênior (ela não faz isso muitas vezes pois tem outras responsabilidades com a igreja), pega o microfone e simplesmente começa a falar. Ministra a Palavra, e só. Durante cerca de 50 minutos ouvimos a palavra de Deus, pura e simples.

Por que isso me deixa feliz? Pois eu sei que estou numa igreja onde o ministro da palavra não precisa ficar fazendo nada para chamar a atenção do povo, não precisa fazer piadas ou nada que fuja da simples e pura palavra da verdade.

Não sou contra um ministro que é mais descontraído, não estou falando mal de nenhuma denominação, mas eu gostei muito do culto de ontem. Creio que quando não são utilizados artifícios para prender a atenção dos ouvintes, a não ser a pura e simples palavra de Deus, nós (os ouvintes) conseguimos nos lembrar não das piadas ou dos trejeitos, mas sim do que foi ministrado, guardar aquilo no nosso coração para nunca vermos a morte.

Amados, durante o seu momento de culto, indepedente de como o seu pastor goste de ministrar, seja mais descontraído, seja mais severo, seja mais rápido, atenha-se ao principal: a palavra de Deus e as revelações verdadeiras que aquela ministração irá lhe trazer. Assim, você irá guardar aquela palavra e não precisará experimentar a morte eterna.

Paz.

Escrito ao som de: Vineyard Music Brasil

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário