Versículo

Versículo do dia – O castigo de Caim

“Então, disse Caim ao SENHOR:É tamanho o meu castigo, que já não posso suportá- lo.” (Gênesis 4:13)

Todos se lembram desta passagem: Caim mata Abel e mente para Deus dizendo que não sabia onde seu irmão estava. Então Deus profere o que aconteceria, dizendo que a terra clamava pelo sangue inocente derramado, que ele seria errante e que o solo não lhe daria sua força.

Falei recentemente que acredito que Deus não castigue ninguém, mas nesta passagem Caim deixa bem claro que está sendo castigado. Do ponto de vista humano ele realmente está. Porém quando analisamos a palavra ´avon utilizada para “castigo” vemos que uma de suas traduções é “culpa pela iniquidade” ou “consequência pela iniquidade”, podendo também ser usada “punição”.

Deus deixa bem claro no que fala para ele, dizendo que “a voz do sangue de teu irmão clama da terra a mim”. Quando unimos isso à passagem onde Paulo escreve “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” vemos que não é difícil concluir que o que aconteceu com Caim foi consequência de seu pecado e não uma punição divina. Ele plantou a pior semente de todas na terra, o que era esperado que ele colhesse? Bons frutos?

Meu amado, nossas ações tem consequências. Cuidado com o que você fala e faz, não culpe Deus pelo o que você colhe, foi sua plantação.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Adicionar comentário

Deixe um comentário