Versículo

Tu és o Cristo

Mulher orando com a bíblia
André
Escrito por André

“E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.” (Mateus 16:16)

A bíblia traz um relato muito interessante de quando Pedro reconhece que Jesus era o Cristo. A passagem segue dizendo o seguinte:

“E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.” (Mateus 16:17)

Nesse pequeno texto podemos encontrar diversas verdades muito úteis para nós. Uma delas é a de que precisamos reconhecer Jesus como o Messias, reconhecê-lo como nosso Senhor e Salvador. Isso muda a nossa vida pois, nesse momento, nos colocamos sob a autoridade dele e passamos a entender que somos seus servos, filhos de Deus por adoção.

Obviamente isso não acontece da noite para o dia, são revelações que chegam ao nosso coração no momento correto.

Além disso, percebemos também que essa revelação não vem de estudos ou livros. Reconhecer Jesus como o Cristo é algo que nos é dado pelo Pai, conforme a Sua vontade. Por mais que nos incomode a ideia de que não temos o controle de quando vamos ter essa revelação, essa é a verdade. Deus revela Jesus para alguns aos poucos e para outros de maneira muito súbita. Não precisamos entender o motivo disso, apenas aceitar.

O ponto é que até para enxergarmos verdadeiramente Jesus como nosso Senhor, dependemos da ação do Espírito Santo.

Sendo assim, no final das contas, o melhor que podemos fazer é buscar a Deus intensamente até que essa e outras revelações nos sejam entregues.

Para facilitar o entendimento, talvez valha você responder 3 perguntas básicas para você mesmo:

  • Tenho buscado a Deus em oração diariamente pedindo por mais revelação?
  • Tenho lido e estudado a bíblia todos os dias?
  • Busco uma vida santa ou estou afundado nos mesmos pecados de sempre?

Esse tipo que atuo-reflexão nos leva a entender se temos realmente buscado a Deus para que Ele, através da graça, nos revele algumas verdades eternas.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário