Versículo

Pare de viver uma vida frustrada

Coisas que você não deveria fazer na igreja - Ficar no celular
André
Escrito por André

“Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.” (Mateus 4:23)

Ontem eu conversei o dia todo com diversas pessoas sobre propósito de vida, objetivos e metas. Isso faz parte de meu trabalho, algo que gosto muito de fazer. Discorri por algum tempo sobre como é possível fazermos muitas coisas e, mesmo assim, vivermos vidas frustradas.

Isso acontece quando fazemos muitas coisas e nunca conseguimos atingir nenhum objetivo. De maneira resumida, é possível viver assim quando estamos colocando nosso foco no lugar errado.

Quando olho para a vida de Jesus, vejo que certamente Ele não teve uma vida frustrada. Ele tinha um propósito na sua mente e em seu coração. Tudo o que fez foi para que atingisse o seu objetivo: salvar toda a humanidade.

O versículo de hoje diz como Ele fez isso: ia de cidade em cidade, amando as pessoas e pregando o arrependimento. Ele não fazia coisas desnecessárias, não perdia tempo com o Facebook, WhatsApp ou qualquer outro passatempo. Ele não fazia nada que pudesse atrapalhar o propósito que Ele tinha colocado em seu coração.

Ele estava focado no seu propósito e fez todo o possível para nos salvar. Ele fez isso por amor.

Agora, a grande questão que fica aqui é a seguinte: e você? Tem dado foco e colocado seus principais esforços em Deus? Sabendo que Ele é nosso Senhor, o primeiro em nossas vidas, o mais importante, nosso Pai e nosso Rei, quanto você tem entregado da sua vida para Ele?

Não tem entregado nada? Tem entregado muito pouco? O que você vai fazer nesse exato momento, para entregar mais para Deus? Quais serão suas atitudes nos próximos dias para realmente viver para Ele?

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário