Bíblia sobre a mesa, caneca

O inevitável juízo de Deus

“Porque o Senhor, o SENHOR dos Exércitos, é o que toca a terra, e ela se derrete, e todos os que habitam nela se enlutarão; ela subirá toda como o Nilo e abaixará como o rio do Egito.” (Amós 9:5)

Falando sobre a inevitabilidade dos juízos de Deus Amós nos lembra que Ele é o Senhor, e nada foge do seu controle.

O mundo caminha conforme seus próprios desejos, fazendo o que pensam ser melhor para atender suas vontades pervertidas e desejos carnais. Esquecem-se com facilidade de que existe um Deus que tudo governa e, cedo ou tarde, exercerá juízo.

Quando Deus vier com Sua justiça, todo pecado será condenado. E o que isso significa?

1 – Como igreja, temos cada vez mais trabalho

Certamente nosso trabalho de evangelização, amor e discipulado só vai aumentar. Multiplicam-se as transgressões e pensamentos contrários à Palavra, isso terá um preço para as pessoas que, machucadas por decisões erradas, precisarão da cura de Deus.

2 – Temos que ser vigilantes

É necessário que façamos uma auto-reflexão e vejamos se nós também não temos vivido conforme nossos próprios desejos, mesmo que nos declaremos cristãos fervorosos. Um coração arrependido e uma vida santa são premissas para que possamos fazer o trabalho que comentei anteriormente.

3 – Temos que crescer em conhecimento

O mundo se organiza cada vez com maior cuidado para que seus desejos carnais sejam aceitos por todos. Se não crescermos em conhecimento da Palavra e revelação de quem é Deus, não teremos força para lutar.

Não podemos mais ser cristãos fracos, com pouco conhecimento e intimidade superficial.

Não podemos ignorar o fato de que o mundo vai de mal a pior, por isso precisamos nos mobilizar como igreja e fazer a diferença enquanto podemos.

Da mesma maneira que o juízo sobre Israel era inevitável, assim é para o mundo de hoje. Se não acordarmos para isso, seremos como Israel na época de Amós, ignorando quem é Deus e imaginando que estamos seguros.

Paz.

4 comentários em “O inevitável juízo de Deus”

  1. Que palavra perfeita!!! Muitos estão vivendo um cristianismo superficial, não conhecem Deus de verdade, e depois não entendem porque nada muda nas suas vidas! Precisamos ter mais intimidade com nosso Pai, mergulhar fundo nos seus mistérios, e teremos força pra vencer nesse mundo que jaz no maligno!

    Responder
    • Olá Cíntia, obrigado pelo comentário.

      Realmente não podemos viver um cristianismo superficial, temos que nos aprofundar cada vez mais nas verdades básicas da vida com Deus.

      Deus abençoe sua vida.

      Responder
  2. Irmão André esse dias o Senhor me fez ler AMOS 7, e o que você estar falando e que estar acontecendo muitos irmãos e irmãs não levam a sério a obra de DEUS que nós dar somos simples trabalhadores da última hora e porque disse que não vemos mais a obra maravilhosa do nosso DEUS, que nós dar o que precisamos e porque no fundo ainda temos no fundo do coração um grão muito pequeno que não queremos tirar que a INIQUIDADE, ARROGÂNCIA e outros que o mundo oferece, André DEUS abençoe pela essa obra que você faz, estou sempre lendo e revendo o JC na Veia.

    Responder
    • Olá Ednilson, muito obrigado pelo comentário.

      Precisamos levar a obra de Deus a sério, é a única maneira de vivermos de verdade.

      Fico muito feliz que você esteja acessando o blog constantemente. Não deixe de comentar em outros posts.

      Deus abençoe sua vida.

      Responder

Deixe um comentário