Versículo

O idólatra que vive em todos nós

Bíblia e óculos
André
Escrito por André

“E se deitam ao pé de qualquer altar sobre roupas empenhadas e, na casa do seu deus, bebem o vinho dos que foram multados.” (Amós 2:8)

Como falei anteriormente, a condenação de Israel no livro de Amós começa por conta de seu amor ao dinheiro, passa pela perversão sexual e, de maneira resumida, finaliza na idolatria.

O que é idolatria?

Idolatria é quando adoramos um deus que não seja o único Deus verdadeiro. Fazendo uma analogia, é como se tivéssemos um altar dentro de nós, onde quem sempre deveria ocupar aquele altar fosse Deus, mas retiramos Ele de Seu lugar e colocamos outra coisa. A idolatria acontece quando deixamos de ter Deus como aquele que ocupa o mais importante lugar em nossas vidas.

No lugar dEle, podemos colocar outro deus, nossas vontades, o dinheiro, um vício ou um pecado. Pode ser uma pessoa, um emprego, um time de futebol ou um carro. Talvez um filho ou o cônjuge, qualquer coisa.

Indiferentemente de quem ou o que ocupe aquele lugar, isso é idolatria. Estamos tirando Deus do lugar de primazia em nossas vidas e colocando outra coisa.

Precisamos aprender quem é Ele e o que isso significa. Entender que Ele é rei, dono de nossas vidas, nosso Pai. Por estes e outros atributos, Ele deve sempre ser o que temos de mais importante, nosso primeiro pensamento, nosso primeiro desejo.

Hoje, quero que você reflita no seguinte: existe algo na sua vida que tem ocupado o lugar de Deus, que você tem colocado como mais importante do que Ele?

Note que esta pergunta não pode ser respondida de maneira rápida, leviana. Ele merece alguma atenção, uma sondagem sincera de suas prioridades, de suas vontades, de seu dia a dia.

Após esta reflexão, decida o que fazer com suas prioridades. Isso pode mudar seu relacionamento com o Pai.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário