Versículo

O amor perfeito de Deus

Cruz e coração
André
Escrito por André

“Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?” (Romanos 8:35)

O amor de Deus é incondicional e profundo, nada pode nos separar dEle. Nossas atitudes do passado ou do presente não fazem com que Deus deixe de nos amar, Ele simplesmente ama.

Diferente de nós, seres humanos, que comumente estabelecemos regras para o que chamamos de amor, Deus ama sem que precisemos fazer nada. Deus não amarra o amor dEle à condições.

Se falhamos, Ele ama. Se acertamos, Ele ama. Se traímos, Ele ama. Se somos fiéis, Ele ama. Se somos heterossexuais, Ele ama. Se somos homossexuais, Ele ama. Ele ama dizimistas e não dizimistas, igrejados e desigrejados.

Veja que não estou falando sobre salvação, benção, galardão ou pecado. Estou falando sobre o amor incondicional do Pai.

Nada nos separa do amor dEle.

Da mesma forma, nada que façamos pode fazer com que Ele nos ame mais. O amor de Deus não conhece mais ou menos, simplesmente é amor, perfeito como deveria ser o de todos nós.

Se você trabalha muito na sua igreja, evangelizou metade de um continente e tirou um país inteiro da miséria, Ele te ama. Da mesma maneira que ama aqueles que participaram de um estupro coletivo.

Ele é o amor, na única forma possível de ser amor, ou seja, perfeito.

Que este amor mude completamente a sua vida e os seus relacionamentos.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário