Versículo

Não julgueis para que não sejais julgados

Os melhore versículos sobre pagar o mal com o bem
André
Escrito por André

“Não julgueis, para que não sejais julgados.” (Mateus 7:1)

Simples, direto, curto e, ainda assim, de uma profundidade sem tamanho. Não devemos julgar as pessoas, caso contrario, nós mesmos traremos julgamento sobre nossas vidas.

Mas quando é que julgamos as pessoas?

Resolvi separar três destes momentos para que possamos entender um pouco mais. Ainda existem muitos outros exemplos de quando julgamos as pessoas, talvez tratemos sobre elas em outro post:

Quando nos achamos superiores

Sempre que nos colocamos numa posição de superioridade estamos julgando que os outros são menos ou podem menos do que nós. Nos esquecemos que somos todos pecadores, o pó da terra, salvos apenas pela graça de Deus e redimidos através de um preço que não foi pago por nós.

Não somos mais santos, mais inteligentes, mais ricos ou mais sábios que ninguém. Tudo de bom que temos vem da graça de Deus, nada de nós mesmos.

Quando supomos a intenção por detrás de um comportamento

Isso é muito mais comum do que imaginamos. É bem frequente nosso julgamento das intenções por trás de uma atitude ou comportamento. Ao invés de ajudarmos as pessoas que praticaram algo de errado ou vêm apresentando um comportamento inadequado, nos colocamos no lugar de juízes.

Amar ao próximo não deve ser algo praticado apenas quando ele é uma boa pessoa ou é agradável.

Quando condenamos as pessoas por seus erros

Talvez a mais clássica forma de julgar uma pessoa esteja aqui. Quando nos esquecemos dos nossos milhares de erros e condenamos alguém por um mais atual.

Não importa se é um comportamento ruim, se foi um pecado ou um desvio de caráter sério. Não podemos condenar ninguém, pelo contrário, devemos amar estas pessoas, orarmos por elas e, na medida do possível, ajudá-las.

Quão grande julgamento trazemos sobre nossas vidas quando julgamos os outros. Muitas vezes cometemos os mesmos pecados.

Reflita sobre estes três pontos e comente aqui abaixo sobre outros momentos onde julgamos as pessoas.

“Não julgueis, para que não sejais julgados.” (Mateus 7:1)

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário