O chamado de Deus

Nada na nossa força

Existe um pensamento que tem se tornado comum: “você é capaz de fazer o que quiser”.

Por um lado eu concordo com esse pensamento. Com esforço, dedicação e muito empenho, creio que podemos quebrar várias barreiras e atingir coisas que jamais imaginamos.

Não acredito que todas as pessoas possam fazer qualquer coisa com o mesmo nível de esforço. Para algumas pessoas, em algumas condições, é realmente muito, muito mais difícil do que para outras.

Porém, esse pensamento, se desconsiderar outras verdades, pode ficar completamente errado. Uma dessas verdades é a de que, na realidade, não podemos fazer nada. Pedro falou muito bem sobre isso após curar uma pessoa:

“E, quando Pedro viu isto, disse ao povo: Varões israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto para nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem?” (Atos 3:12)

Pedro sabia que, apesar de ser algo maravilhoso, o que havia acontecido não era obra de suas mãos. Logo, apesar de acreditar que, com esforço, podemos fazer muitas coisas, ao mesmo tempo, eu sei que não fazemos nada, quem faz todas as coisas é Deus.

Pode parecer contraditório, mas a realidade é que é Ele quem opera através e apesar de nós. O esforço que fazemos, não vêm de nós, mas da força que Ele nos dá. As ideias e a criatividade não são nossas, é a permissão dEle e a benção dEle sobre nossas vidas. Tudo é dEle, por Ele e para Ele.

Em resumo: devemos nos empenhar e nos esforçar sempre, porém sabendo que quem faz é sempre Ele.

Paz.

Deixe um comentário