Versículo

Misericórdia quero, e não sacrifício

Bíblia aberta com caneta
André
Escrito por André

“Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.” (Mateus 9:13)

O sacrifício era um dos pontos altos da cerimônia para os judeus, algo que eles deveriam fazer. A misericórdia, em contrapartida é um estilo de vida, e não uma prática da cerimônia.

Além das diversas verdades que Jesus está nos ensinando nessa passagem, Ele também está falando que não deseja simplesmente que nós sigamos duas ou três regras que nos foram ensinadas. Ele deseja que a nossa vida seja transformada totalmente, que nossas atitudes sejam o reflexo natural do que cremos, e não apenas regras que devemos seguir.

Pela regra, Ele não deveria se sentar com pecadores e publicanos. A associação do santo com o mundano não era recomendada. Porém, entender isso como regra e aplicá-la de maneira fria nos leva às mesmas atitudes dos que criticavam Jesus. O que Ele fez nessa passagem foi nos mostrar que os princípios que cremos e vivemos são mais importantes que as regras de entendimentos simplistas.

Tentando trazer isso para uma abordagem mais contemporânea: é como a pessoa que lê 2 capítulos da bíblia por dia, por ver isso como algo obrigatório, em contraste com a pessoa que não sabe exatamente o quanto da bíblia ela lê, mas o que lê se torna vida para ela e a transforma totalmente.

Não devemos fazer as coisas por regra ou obrigação, mas por vivermos os princípios da Palavra.

Se você tem entendido o cristianismo como uma lista de regras, não se sinta mal por isso. Ore e peça ao Espírito Santo revelação dos princípios da Sua Palavra.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário