Versículo

Mar de esquecimento

Calmaria
Ricardo Cirilo
Escrito por Ricardo Cirilo

“Quem é comparável a ti, ó Deus, que perdoas o pecado e esqueces a transgressão do remanescente da sua herança? Tu que não permaneces irado para sempre, mas tens prazer em mostrar amor. De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar” (Miquéias 7:18)

Eu ouvi uma frase de um pastor que me fez refletir sobre o amor Deus, ele disse assim “(…) desista de não ser amado por Deus (…)”. Deus nos ama, por mais que pequenos, por mais que nos afastemos dos seus caminhos, por mais que possamos ofendê-lo com alguma atitude, Ele permanece nos amando.

E isso não vai mudar, nada muda o seu amor, por mais que você se afaste, que você peque, que você não acredite que ele exista, não adianta, Ele te ama.

E uma das facetas desse amor de Deus, é sua incrível capacidade de nos perdoar.

Como lemos nos versículos acima, ele pegará nossas transgressões e pecados e jogará no fundo do mar, onde cairão em esquecimento.

Para que possamos entender um pouco dessa capacidade de perdão de maneira prática e simples: você seria capaz de perdoar alguém que matou algum membro de sua família ? Você seria capaz de perdoar a mesma pessoa por diversas vezes, pelo mesmo erro?

Pois é, Deus te perdoa, Ele tem compaixão de ti, e isso não vai mudar. Que através desse gesto de amor de Deus, nossos corações possam ser transformados, nosso caráter moldado, para que possamos viver de uma maneira diferente esse amor!

Ele te ama! Deus abençoe!

Sobre o autor

Ricardo Cirilo

Ricardo Cirilo

Cristão, casado, vinte e poucos anos, apaixonado por futebol e descobrindo os prazeres de escrever.

Deixe um comentário