Versículo

Espelho de nós mesmos

Bárbara Cunha
Escrito por Bárbara Cunha

“Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte.” (Provérbios 16:25)

O que mais criticamos nos outros, na verdade, não passa de um espelho de nós mesmos.

Acredito que grande parte das pessoas já foram comparadas com alguém e automaticamente responderam “Deus me livre”.

Geralmente isso acontece porque não queremos ser iguais àquela pessoa, pois ela tem uma (ou algumas) característica que não gostamos.

Entretanto, ao sofrermos essa comparação, não percebemos que esses defeitos que tanto repudiamos estão presentes em nossa vida.

Acreditamos que o problema está no outro e não em nós. Não enxergamos nosso próprio interior.

Há algum tempo tenho pensado sobre isso e analisado com mais cautela as atitudes que mais me “irritam” nas pessoas.

No final das contas, pude enxergar atitudes muito semelhantes às que vivencio.

É óbvio que isso não é generalizado, não significa que tudo o que criticamos iremos reproduzir.

Neste caso me refiro apenas às mais recorrentes. As que mais criticamos em uma ou mais pessoas.

O versículo de Provérbios se aplica a esse contexto porque, por não vermos aquilo que realmente somos, não podemos colocar nosso caminho no que é reto.

Se não fosse Cristo, por intermédio do Espírito Santo, não teríamos essa sensibilidade.

Oro para que o Espírito Santo abra nossos olhos a fim de enxergarmos nossas próprias críticas através do espelho. E assim seja possível crescer em Cristo.

Sobre o autor

Bárbara Cunha

Bárbara Cunha

Paulista de 20 e alguns anos. Cristã convicta. Jornalista. Corintiana torcedora do Arsenal da Inglaterra. Apaixonada por filmes, séries e música.

Deixe um comentário