Versículo

Deus restaurador

A importância de nascer de novo
Ricardo Cirilo
Escrito por Ricardo Cirilo

“Os que o ouviram foram saindo, um de cada vez, começando com os mais velhos. Jesus ficou só, com a mulher em pé diante dele. Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: ‘Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?’. ‘Ninguém, Senhor’, disse ela. Declarou Jesus: ‘Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado'”. (João 8:9-11)

Essa passagem é mais uma que entra para o hall de clássicos da Bíblia. Lendo ela podemos tirar diversos ensinamentos e mensagens, mas gostaria de compartilhar hoje algo que me chamou atenção quando estava lendo um estudo bíblico sobre o evangelho de João.

Jesus disse à todos: “(…) aquele que não pecado, atire a primeira pedra(…)”. Logo após ele dizer essa frase, uma a uma, as pessoas foram deixando o local, só sobrando Jesus e a mulher.

Segundo as condições que Jesus impôs para o apredejamento, só poderia atirar a pedra quem não tivesse pecado, e Jesus, como nós sabemos, não tinha pecado, então ele poderia ter atirado a pedra. Mas por que Ele não atirou?

Simples. Porque ele estava mais interessado na recuperação da mulher, do que em julgá-la.

Muitas vezes nós somos essa mulher, com diversos pecados, com diversas pessoas nos acusando, chegamos a Cristo, e o que ele faz? Ele nos perdoa porque Ele quer que deixemos esse pecado de lado, porque Ele quer que vivamos e experimentemos o amor e a vida que Ele tem para nós!

Deus vai limpar sua vida, te restaurar e te levantar, por mais que o mundo julgue, por mais que o diabo aponte nossos erros, temos um Deus maravilhoso que nos perdoa!

Deus abençoe.

Sobre o autor

Ricardo Cirilo

Ricardo Cirilo

Cristão, casado, vinte e poucos anos, apaixonado por futebol e descobrindo os prazeres de escrever.

Deixe um comentário