Versículo

A cilada do casamento de Sansão

Versículos para convite de casamento
André
Escrito por André

“Ela chorava diante dele os sete dias em que celebravam as bodas; ao sétimo dia, lhe declarou, porquanto o importunava; então, ela declarou o enigma aos seus patrícios.” (Juízes 14:17)

Não precisou de muito tempo para Sansão perceber a cilada na qual ele tinha se metido quando resolveu tomar por esposa uma mulher do povo inimigo. Durante os dias de sua festa de casamento ela só chorou…

Imagine a situação: nos dias que deveriam estar entre os mais felizes de suas vidas, a mulher só chora, importunando seu novo marido a contar-lhe um segredo.

E aqui existem vários ensinamentos que podemos extrair. Quero destacar dois:

Primeiro: não se envolva com quem você não confia. Por qual motivo Sansão não poderia contar para sua esposa um segredo? Se ele não confiava nela, por qual motivo resolveu se casar? Vemos, hoje em dia, muitas pessoas envolvendo-se com outras pelas motivações erradas. Seja pela beleza física, pela necessidade de companhia ou qualquer coisa do tipo. Quando vamos escolher nosso cônjuge, precisamos de direção, assim como precisamos para qualquer coisa que vamos fazer.

Segundo: quando nos casamos, não existe mais o “meu”, existe apenas o “nosso”. Esta verdade vale para todas as áreas, desde o último pedaço da sobremesa, até os problemas. A esposa de Sansão deveria ter levado para o seu marido o problema que ela estava tendo com o próprio povo, e não esconder, cedendo ao pedido de seus patrícios.

A vida de Sansão é repleta de ensinamentos. Que nós possamos aplicá-los em nossas vidas com sabedoria.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário