Afasta-te destas pessoas

Eu sempre fico impactado com o que leio na Palavra. Ao ler a segunda carta de Paulo para Timóteo vejo que ele deixou ensinamento preciosos para seu filho na fé. Um destes ensinamentos se refere aos cuidados necessários nos últimos dias:

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” (2 Timóteo 3:1-5)

Paulo pede que Timóteo se afaste de pessoas que apresentem certos comportamentos, como podemos ler no texto acima.

Aqui, podemos, talvez devamos, pensar de duas formas: a primeira é que nós também devemos nos afastar destes comportamentos, de tudo o que Paulo listou e que, definitivamente, são comportamentos reprováveis.

A segunda maneira de pensar aqui é se não somos nós os que temos tido este tipo de comportamento e, por isso, talvez Timóteo se afastasse de nós.

A resposta, para mim, é muito simples: eu sou um dos que Timóteo se afastaria. Certamente apresento alguns (note o plural) destes comportamentos.

O que aprendo com este texto? Preciso corrigir alguns de meus comportamentos com urgência.

E você?

Paz.

Deixe um comentário