A responsabilidade do marido

“Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações.” (1 Pedro 3:7)

Neste trecho da Palavra Pedro escreve seis versículos dando algumas direções para as esposas e, para os maridos, apenas um. Ele era machista? Estava com problemas no casamento e quis descontar? Acredito que não.

Considere agora o peso do que Pedro escreveu para os maridos e do que ele escreveu para as esposas. Se nós, maridos, não as tratarmos com dignidade, nossas orações são interrompidas.

Agora, o que é tratar a esposa com dignidade? Será que isso passa pela maneira como falamos com elas? Pela maneira como cuidamos delas? Como as protegemos?

Talvez você ainda não seja casado, mas guarde isso no seu coração: como marido, a sua responsabilidade no casamento é muito grande. Se você já é casado, analise a maneira como tem tratado sua esposa, como tem estado presente, como tem cuidado dela, como tem colocado os desejos dela acima dos seus. Um descuido e suas orações podem ser interrompidas.

Paz.

Deixe um comentário