Versículo

A fé que gera obras

“Mas alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me essa tua fé sem as obras, e eu, com as obras, te mostrarei a minha fé.” (Tiago 2:18)

Como é possível que um pequeno verso, um trecho tão pequeno de um livro tão imenso, guarde tanta profundidade quanto este? Deste versículo inferimos tantas coisas, surgem tantas dúvidas, tantas respostas e tantos tesouros escondidos.

A parte simples de entendimento é que se tivermos fé, mas esta fé não produzir nenhuma obra, é uma fé morta, que não vale nada.

Por isso, a pergunta de hoje é: quais obras tua fé tem gerado? Você tem ajudado verdadeiramente os pobres, tem acolhido os órfãos, orado e visitado os enfermos? Tem suportado os irmãos com o necessário, tem servido sua comunidade e dado exemplo de conduta moral cristã?

Sua fé precisa produzir obras!

A parte complicada deste versículo eu vou deixar para tratar outro dia, pois ela fala sobre como nós somos justificados, sobre a inutilidades das obras sem fé e, como sempre, o sacrifício de Cristo.

Paz.

Sobre o autor

André

André

Cristão, casado, pai, trabalhador. Leva a sério a palavra de Deus e isto muitas vezes o faz não ser bem visto. Ama escrever, por isso, sempre que pode, o faz.

Deixe um comentário