Estudo de Romanos 6

Bíblia e planta sobre a mesa

Romanos 6 é uma continuação do assunto abordado por Paulo no capítulo 5: se somos justificados pela fé e isso é graça de Deus sobre nossas vidas, alguns poderiam argumentar que poderíamos pecar, para que a graça se manifestasse ainda mais. Paulo repudia isso nesse capítulo e deixa muito clara a nossa posição em relação ao pecado e nosso relacionamento com a cruz de Cristo.

Nossos pecados acabam com o relacionamento com Deus

​Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências,” (1 Pedro 2:1)

Todo grande pensador cristão tinha uma linha principal de pensamento. Seja a profundidade da graça com Agostinho, o Cristocentrismo com Stott ou a justificação com Lutero, cada um tinha um ponto da Palavra onde tinha uma interpretação ou uma experiência mais profunda. 

Ler mais

Tempo de qualidade

Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma,” (1 Pedro 2:11)

Pedro, neste trecho de sua carta estava falando aos convertidos. Para aqueles que já haviam entendido que Jesus era realmente o Cristo e que, somente através dEle, teriam salvação.

Ler mais